ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 18º

Comportamento

Em desfile de cegos, autoestima e moda vão além dos olhos

Com muita elegância, alunos e alunas da ISMAC desfilaram para amigos e familiares na sexta-feira

Por Jéssica Fernandes | 07/05/2022 07:31
Sueli Silva desfilou pela 1ª vez na sexta-feira, 06. (Foto: Paulo Francis)
Sueli Silva desfilou pela 1ª vez na sexta-feira, 06. (Foto: Paulo Francis)

Vestidos de gala brilhantes, ternos elegantes e muita animação marcaram o desfile dos alunos do ISMAC (Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas), que ocorreu no final da tarde de ontem (06). Intitulado “Moda Para Além dos Olhos”, a atividade teve o intuito de chamar a atenção da indústria da moda para esse público e ajudar na construção da autoestima dos participantes.

Com o amparo de uma equipe pedagógica, os alunos foram orientados durante o deslocamento pela passarela. Desfilando sozinhos ou com o apoio da bengala, eles esbanjaram alegria, elegância e davam até voltas para mostrar o look em todos os ângulos. A plateia, composta por familiares e membros do ISMAC, também deu um show a parte de entusiasmo. A loja Vivary's Noivas E Formaturas emprestou as peças utilizadas na ocasião especial.

O idealizador do projeto de dois meses, que terminou com a realização do desfile, é o técnico em edificações John Vitor Alves Lima, de 19 anos. O estudante do IFCE (Instituto Federal do Ceará) veio para Campo Grande com o objetivo de desenvolver o projeto social no ISMAC.

Confira uma parte do desfile:

Intercambista do programa Liderança Jovem de Fortaleza, John explica o motivo que o fez escolher a autoestima como tema central do projeto. “Eu busquei uma maneira de trabalhar a autoestima, porque muitos relataram que quando perderam a visão, perderam consequentemente a autoestima”, explica.

Através de oficinas, John começou a trabalhar com os alunos a escolha de roupa, tecido e estilo para qualquer ocasião. Além disso, foram feitas rodas de conversa sobre superação e autoestima. Para o estudante, o resultado final foi enriquecedor. “Foi uma experiência muito gratificante, porque eu nunca trabalhei com esse público. Foi uma área que eu desconhecia, descobri que a autoestima é algo que vai se construindo e eles são capazes de tudo”, ressalta.

O presidente do ISMAC, Márcio Ximenes fala sobre a relevância de projetos como o de John serem desenvolvidos na instituição. “Quem perde a visão pensa que a vida acabou, mas o trabalho do ISMAC é de reabilitar as pessoas para tudo. Essa questão de cuidar da beleza é um papel fundamental. A gente não vê, mas as pessoas nos veem, isso é importante”, destaca.

Desfile teve a participação de crianças de todas as idades. (Foto: Paulo Francis)
Desfile teve a participação de crianças de todas as idades. (Foto: Paulo Francis)

O desfile começou às 17h da tarde e contou com a participação de 21 alunos. Entre as participantes, estava Sueli Silva, de 48 anos, que nunca imaginou que iria um dia ter essa experiência. “É uma emoção muito grande, é maravilhoso, nunca achei que iria participar de algo assim. Agora, estou me sentindo uma modelo e aprendendo a sentir essa emoção de saber que sou livre para fazer algo gratificante desse jeito”, expõe.

Usando um terno azul, Antônio Soares, de 68 anos, estava pronto para ter uma noite de modelo. Ele diz que a preocupação com a moda e aparência são assuntos que também dizem respeito aos homens. “O homem tem que se cuidar mais que a mulher, porque somos nós que as atraímos”, ri. Com as aulas, Antônio explica que pôde aprender coisas importantes para o cotidiano. “Aprendi a me comportar andando, a levantar a cabeça, a dar passos mais compassados no dia a dia”, conta.

De terno, Antônio Soares desfilou na passarela do ISMAC. (Foto: Paulo Francis)
De terno, Antônio Soares desfilou na passarela do ISMAC. (Foto: Paulo Francis)

Na data, a Miss Campo Grande Hemilly Bruno e a Miss Trem Popularidade Duda Heredia fizeram uma participação especial como convidadas.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias