A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Maio de 2019

05/02/2019 16:59

Longe de casa, chineses comemoram Ano do Porco comendo churrasco

Na China, o novo ciclo começa nesta terça-feira (5) com festa que pode durar até duas semanas, mas os chineses no Brasil começam a deixar a tradição de lado

Tatiana Marin
Leo Zhu mostra vídeo de como é comemorado o Ano Novo na China, mas aqui ele participou de um churrasco. (Foto: Kísie Ainoã)Leo Zhu mostra vídeo de como é comemorado o Ano Novo na China, mas aqui ele participou de um churrasco. (Foto: Kísie Ainoã)

O Ano Novo chinês está começando nesta terça-feira (5). Para os chineses que vivem na China a festa apenas começou e pode durar dias, dependendo da região, mas para aqueles que deixaram o país, a tradição já não é tão forte. Em Campo Grande, os que comemoram se reúnem com família ou amigos e alguns tem até festa com churrasco.

O Campo Grande News foi para o centro da Capital para conhecer um pouco dos costumes deste povo de olhos puxados que escolheu a Capital para viver. Entre os oito estabelecimentos que visitamos, eles tentavam se esquivar e pediam para algum atendente falar com a reportagem. Poucos deram atenção como o Leo Zhu, de 31 anos, e a Stela Chen Fang Fang, de 32 - os únicos que se deixaram ser fotografados.

Nosso primeiro entrevistado foi Leo Zhu, de 31 anos, que está há 8 anos em Campo Grande e mantém uma loja na Calógeras. Apesar de acanhado e mal entendendo o que perguntávamos, Leo mostrou em um vídeo como é comemorado o Ano Novo na China: os dragões coloridos que dançam pelas ruas. Ele disse que em alguns lugares as manifestações podem durar até 15 dias, mas aqui no Brasil eles se reúnem e “churrasco” foi a palavra nitidamente dita.

Festas nas ruas que podem durar duas semanas. (Foto: Kísie Ainoã)Festas nas ruas que podem durar duas semanas. (Foto: Kísie Ainoã)
Leo Zhu está há 8 anos em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)Leo Zhu está há 8 anos em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)

A próxima parada foi em outra loja bem próxima, na Barão do Rio Branco. Lucas, de 40 anos, não quis dizer o sobrenome e tentou se desvencilhar da reportagem, mas conseguimos extrair alguma coisa. Morando no Brasil há mais de 10 anos, ele disse que não mantém a tradição, mas faz festa durante as comemorações ocidentais - Natal e Ano Novo.

Na 14 de Julho e Afonso Pena, ainda tentamos falar com Kelly, Aline e outros dois que nem o nome conseguimos descobrir. Dois, 3, 5 anos de trabalho no comércio e a língua ainda é uma barreira. Ou seria uma desculpa?

De volta à Calógeras, falamos com a Thays, de 30 anos, que trabalha em uma lanchonete. Foi uma das moças que conseguimos cativar com um pouco de conversa, mas ela não conseguiu explicar quais pratos típicos foram preparados para a confraternização que participou na noite desta segunda-feira (4). Colegas explicaram ela é a única da família no Brasil, então comemorou com amigos. Também disseram que ela quase não entende e pouco fala o Português.

Dona Lili Zhu, há 7 anos no Brasil, tem mais vocabulário. Entre a timidez e a simpatia, ela contou que para o marido e os três filhos preparou carne e frango. “Mas nós fazemos cozido, aqui fazem assado”, ressalta.

Stela comemorou o Ano Nono com marido e filhos. (Foto: Kísie Ainoã)Stela comemorou o Ano Nono com marido e filhos. (Foto: Kísie Ainoã)

Quando quase desistíamos de conseguir outra foto, na Dom Aquino, Stela foi nosso alento. Contou que também mantém a tradição e prepara pratos especiais para o marido e os três filhos - dois deles nascidos no Brasil. .

Ano Novo Chinês - A maioria dos ocidentais sabe que os anos do calendário são dedicados aos signos, representados pelos animais: rato, búfalo/boi, tigre, coelho, dragão, serpente/cobra, cavalo, carneiro/cabra, macaco, galo, cachorro/cão e o javali/porco. O ano que começa nesta terça-feira (5) é do porco.

O ciclo dos países orientais que seguem o calendário chinês não tem 365 dias como o calendário adotado no ocidente. O sistema leva em conta tanto as fases da lua como a posição do sol. O Ano Novo Chinês começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário. Simples assim! Com isso, o primeiro dia de cada Ano Novo Chinês sempre cai em uma data diferente do calendário ocidental.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.