A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

16/03/2018 06:10

Mãe de trigêmeos decide sair com um filho de cada vez e, claro, é criticada

Uma decisão tomada, conforme Paula, para conhecer cada filho melhor

Thailla Torres
Mãe de trigêmeos, a escolha não foi nada fácil, mas foi a alternativa encontrada por ela para dar um pouco mais de atenção aos filhos. Mãe de trigêmeos, a escolha não foi nada fácil, mas foi a alternativa encontrada por ela para dar um pouco mais de atenção aos filhos.

Há duas semanas, a psiquiatra Paula Campozan Dória, de 33 anos, tomou uma decisão nada convencional. Resolveu sair eventualmente com um filho de cada vez. Mãe de trigêmeos, a escolha não foi nada fácil, mas surgiu como alternativa para dar atenção a cada um dos bebês de maneira exclusiva.

Como mãe, ela descreve que é uma verdadeira "operação de guerra" sair com os três bebês de uma vez só, ainda com dois meses de vida. Por isso, quis fazer diferente e afirma que os resultados são super positivos. "Eu consigo sentir e conhecer a particularidade de cada filho, apesar de tão pequeninhos, cada um já tem uma característica. Isso nos aproxima ainda mais", justifica.

Para a mãe, sair com um filho de cada vez, foi uma boa escolha. Para a mãe, sair com um filho de cada vez, foi uma boa escolha.

Longe da disputa, é óbvio que a decisão de Paula gerou críticas, que desde o primeiro passeio, não cansa de ouvir opiniões do tipo: "Coitado dos outros dois que ficaram em casa”.

"Eu digo que meus filhos não são coitados, pelo contrário, recebem todo amor do mundo. Mas eu como mãe tenho o direito de fazer o que é melhor pra eles. Desde o primeiro passeio, a maior dúvida das pessoas é como eu escolhi quem ia sair primeiro ou se tenho um filho preferido. Nem tinha redes sociais, mas acabei fazendo o Instagram para desabar sobre isso", conta.

Além de um denguinho sozinho, Paula diz que tomou a decisão para ir conhecendo os filhos melhor. "Quero muito que eles entendam, desde sempre, que cada um é único. Não é porque são gêmeos ou trigêmeos que precisam viver grudados, nem acho isso saudável para a individualidade deles".

O medo que as crianças não saibam como dividir a atenção da mãe, também não existe. "Eu acho que eles vão entender isso. Quando houver disputa, sei que será um grande desafio conseguir equilibrar tudo isso. Mas como lema da família, o que não pode faltar com os filhos é diálogo e depois disso, a mãe não precisa ficar se cobrando para que, necessariamente, os filhos pensem igual e tomem as mesmas atitudes"

Não só pela decisão de sair apenas com um filho, a cobrança e as críticas surgem de todos os lados, até nas escolhas pessoais de Paula, como por exemplo, ir à academia e voltar a trabalhar. "A cobrança é direto, sobre ter que amamentar os filhos, ter o parto normal e até sobre voltar a trabalhar. Se eu volto, escuto que sou desapegada demais. Se continuo em casa, tem gente capaz de dizer que sou acomodada. Se vou à academia, escuto: Nossa, mas você deixa suas crianças com quem?".

Na visão da mãe, maior que o desafio de cuidar dos três filhos, é lidar com o pensamento alheio que acredita ser necessário dar palpite em tudo. "As pessoas se sentem muito nesse direito, querem que todo mundo seja igual. E quem não é, acaba sendo extremamente julgada, por isso. E eu acredito que posso ser uma mãe diferente sim, uma mãe que sabe lidar caso algo no meio do caminho seja diferente".

Como profissional, a cobrança vem gerando expectativa em muitas mulheres que chegam ao consultório desoladas, depois que a gestação não se torna aquilo que muitas imaginam. "Por exemplo, ter um parto natural ou não, isso tem que ser uma escolha da mulher e não uma imposição. Muitas mães trabalham a gestação inteira para isso e quando não dá certo, elas ficam desapontadas. Isso tudo tem que acontecer de forma natural, do mesmo jeito é com a criação dos filhos".

Desde que soube que seria mãe de trigêmeos, a felicidade tomou conta de Paula, que hoje, criou um jeitinho especial para cuidar dos três. "Tenho até um quadrinho onde vou anotando o horário que cada um mamou, em qual peito e também quem já fez cocô. Isso facilita muito a rotina. Afinal são três e quem é mãe de um só, já sabe que a rotina não é fácil".

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Trio de super-heróis de Paula, com apenas 2 meses de vida. Trio de super-heróis de Paula, com apenas 2 meses de vida.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.