A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Julho de 2019

15/06/2019 07:55

Maria conta os dias para o banho de São João que a família realiza há 100 anos

A programação do Banho de São João foi divulgado pela prefeitura de Corumbá.

Alana Portela
Dona Maria de Paula está ansiosa para o banho de São João (Foto: Arquivo pessoal)Dona Maria de Paula está ansiosa para o banho de São João (Foto: Arquivo pessoal)

Ansiosa para o Banho de São João no rio Paraguai, dona Maria de Paula Silva, 83 anos, conta nos dedos os dias que faltam para receber os fiéis em sua casa e dar continuidade a tradição que dura 100 anos na família. O “ritual” está na terceira e quarta gerações e começou com a avó, Maria Brasiliana da Silva, após encontrar a imagem de um santo no mato.

De lá para cá, filhos e netos vão criando seus próprios ritos, antes e durante a festa. Maria de Paula, por exemplo, já mandou pintar a casa onde mora, para que no dia 23 deste mês, esteja tudo pronto para dar início a programação da missa, café da manhã e jantar. Ela integra o grupo de "festeiros" oficiais da maior festa junina do Estado, e abrem a casa como parte da programação do "Banho de São João" em Corumbá, que começa no dia 21.

“Estou feliz e ansiosa, é muito importante. Já tem um mês que estou organizando a programação. Mandei pintar a minha casa, estamos arrumando os preparativos, decorações e meus filhos estão ajudando. O Evento começa às 6h30 e vai até às 20h. Vem pessoas de fora para participar aqui, faço bolo, queijo, chocolate quente, churrasco e compro bebidas para o pessoal aproveitar”, conta dona Maria.

Na casa de dona Maria de Paula tem a imagem do santo que é devota (Foto: Arquivo pessoal)Na casa de dona Maria de Paula tem a imagem do santo que é devota (Foto: Arquivo pessoal)

Ela mora no centro de Corumbá, tem uma casa espaçosa e, para receber de 200 pessoas ou mais e todos os anos, se cadastra na prefeitura para entrar na programação oficial da festa junina mais importante de Mato Grosso do Sul. A residência é aberta a todos que quiserem participar da cerimônia. “Cabe bastante gente e quem tiver interesse em vir, será bem-vindo”.

A comida para os fiéis não vai faltar. Para preparar os comes e bebes, recebe ajuda dos devotos para comprar os alimentos. “Algumas pessoas me ajudam com as despesas, uns trazem comida, outros dinheiro, mas mesmo aqueles que não ajudam podem participar”.

A programação em sua casa começa com a missa, depois os fieis poderão tomar o café da manhã. Durante o dia os devotos, junto com dona Maria, vão carregar a imagem de São João até o rio Paraguai, no Porto Geral de Corumbá, onde banharam-se nas águas. “Vamos benzer o corpo e tem aqueles que estão solteiros, que conseguem se casar depois que se banha lá. Teve uma mulher de Cuiabá que fez uma promessa e entrou no rio, no ano seguinte casou”, relatou.

Na casa de dona Maria é realizado a missa para os fiéis (Foto: Arquivo pessoal)Na casa de dona Maria é realizado a missa para os fiéis (Foto: Arquivo pessoal)
Dona Maria prepara um banquete em sua casa para receber os fiéis (Foto: Arquivo pessoal)Dona Maria prepara um banquete em sua casa para receber os fiéis (Foto: Arquivo pessoal)

Geração a geração - A programação de dona Maria acontece para dar continuidade a uma tradição na família que começou com sua avó, Maria Brasiliana da Silva, quando morava em Cáceres - MT. Ela conta como tudo começou.

“Minha avó tinha sonhado com um homem puxando um carneiro, mas não tinha entendido o recado. Naquele tempo, morava em fazenda e tinha que catar lenha para cozinhar. No meio do mato, enquanto caminhava, encontrou um santo segurando um carneiro no chão. Ela pegou e jogou no rio, porque era o costume da época. Depois que voltou para a casa onde morava, contou para minha mãe, Jorna Valentina da Silva, sobre o sonho e o santo. Nisso tiveram a ideia de fazer a festa de São João”, lembrou.

Após a proposta, Maria Brasiliana preparou uma festa de São João na fazenda onde morava e com a ajuda de um irmão, fez uma fogueira. “O irmão dela levou um caminhão de lenha e fizeram uma fogueira enorme. Prepararam doces, comidas para vender, assaram porco e frango. Foi um baile”, disse.

A avó de Maria de Paula resolveu realizar o evento todos os anos, e sempre contava com a ajuda de Jorna. A família se mudou para Corumbá e pouco tempo depois, Maria Brasiliana faleceu. “Deu um ataque do coração, ela morreu em 1948. Depois minha mãe decidiu continuar a tradição, realizou a programação até 1983, ano em que faleceu”, recordou.

As devotas que participaram do evento de dona Maria de Paula em 2018 levaram o santo para o banho no rio (Foto: Arquivo pessoal)As devotas que participaram do evento de dona Maria de Paula em 2018 levaram o santo para o banho no rio (Foto: Arquivo pessoal)

Em 1984 a devota tomou frente dos eventos, e desde então abre a casa onde mora para receber os fiéis que quiserem participar da sua programação. Maria de Paula tem sete filhos e conta com a ajuda deles para continuar a tradição da família Silva.

Jefferson Da Silva, 50 anos, é um dos filhos de dona Maria de Paula está na quarta geração e anualmente auxilia a mãe nas preparações do evento. “É uma honra manter a tradição dos avós. Eles sempre pediram para a gente continuar e estamos conseguindo. É uma questão familiar e a noite tem uma reza, servem o jantar, assam carne, compram cerveja. O banho no rio simula o batismo de Cristo e quem se molhar fica protegido o ano todo”, disse.

No Arraial de São João os festeiros promovem um arrasta pé e aproveitam a festa  (Foto: Renê Carneiro/ Prefeitura de Corumbá)No Arraial de São João os festeiros promovem um arrasta pé e aproveitam a festa (Foto: Renê Carneiro/ Prefeitura de Corumbá)

Programação do arraial - Nesta semana a Fundação de Cultura do Pantanal de Corumbá divulgou a programação do Arraial do banho de São João que acontece de 20 a 23 deste mês. O secretário de cultura da cidade, Joilson Cruz, informou que a expectativa é receber de 15 a 20 mil devotos de vários lugares.

Ele ainda comenta sobre a programação. “O palco volta para rua Manoel Cavassa. Terá dois standes para artesanato local, pintura da capela de São João na ladeira Cunha e Cruz”, disse.

Quinta-feira (20) - A abertura do arraial será no Porto Geral e começa às 18h, na praça de alimentação. Os festeiros contarão com artesanatos, pau de sebo, altar de todos os santos. As 20h o cantor Márcio Reis sob ao palco para realizar o primeiro show da programação. Em seguida, os músicos; Marcelo Oliveira, Jailson Sudário e Cristiano Garcia animam a galera.

Sexta-feira (21) - O evento continua, e no segundo dia, às 19h será realizado o concurso de Andores, no qual os festeiros apresentam um material de festejo junino. A partir das 20h começam os shows com Isac e Brandão, Gurizada Baileira, Marinho Azevedo e Matogrosso e Mathias.

Sábado (22) - A partir das 19h começa o arrasta pé e tem concurso de quadrilhas no Porto Geral. A partir das 20h os músicos Izze, Marcelo e Renato, Tiel e Renan, Dudu Lino além de Alex e Yvan animando o público.

 

 

Fiéis se molham no Porto Geral de Corumbá durante o banho de São João (Foto: Prefeitura de Corumbá)Fiéis se molham no Porto Geral de Corumbá durante o banho de São João (Foto: Prefeitura de Corumbá)
Devotos entram no rio para banhar o santo homenageado (Foto: Prefeitura de Corumbá)Devotos entram no rio para banhar o santo homenageado (Foto: Prefeitura de Corumbá)

Domingo (23) - A programação encerra com o banho de São João e com a descida dos Andores no centro de Corumbá. Às 20h será realizada a concentração do Andor da prefeitura e a missa solene em louvor a São João na sede da Oficina de Dança, localizado na região central da cidade, e a atração será Marquinhos Sales.

Na Orla do Porto Geral, às 23h 30, acontece a elevação do mastro de São João e a Roda de Cururu e Siriri.

No arraial do banho de São João do Porto Geral, a partir das 18h a praça de alimentação estará funcionando. Os festeiros poderão conferir os artesanatos, o altar de todos os santos, se divertir no pau de sebo e a partir das 20h tem apresentação do grupo “Os Garotos”. Juninho e Luan sobem ao palco às 22h e a meia-noite tem show pirotécnico e quem encerra a programação é João Haroldo e Betinho.

O arraial de Santo Antônio começa na próxima semana (Foto: Prefeitura de Corumbá)O arraial de Santo Antônio começa na próxima semana (Foto: Prefeitura de Corumbá)

Passagens e hospedagens - Para os moradores de Campo Grande que quiserem participar da arraial, a passagem de ônibus pela empresa Andorinha, através do site ClickBus, está no valor de R$ R$129,37 nos horários; 1h 35, 10h 30, 11h, 14h. Das 23h 40 o preço da viagem convencional é R$ 129,37 e com leitos, que são as poltronas que viram “cama” está por R$ 150,00.

O Lado B fez duas pesquisas de hospedagem para te ajudar. A estadia individual no Nacional Palace Hotel sai por R$ 257,25 enquanto para casal o valor é R$ 336,00 com café da manhã incluso.

Já aqueles que preferem um local mais em conta, o Dom Alberto Hostel oferece um quarto coletivo a partir de R$ 35. Quem quiser um quarto separado, o valor aumenta e pode variar de R$ 130,00 a R$ 140,00. O café da manhã também está incluso para todos os hóspedes do local.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

 

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.