ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 22º

Comportamento

No Noroeste, Páscoa virou chance de ensinar amor para crianças

Sem oportunidade de comprar chocolate para os filhos, mães contam sobre gratidão e ensinamentos

Por Aletheya Alves | 31/03/2024 08:47
Roseli e Emily contam que não perdem uma festa sequer. (Foto: Juliano Almeida)
Roseli e Emily contam que não perdem uma festa sequer. (Foto: Juliano Almeida)

Unindo os significados religiosos aos comerciais, a Páscoa de Roseli Chagas Rodrigues e Emily Sanches também se tornou uma oportunidade para ensinar sobre solidariedade aos filhos. Assim como as outras dezenas de famílias que anualmente participam da festa solidária realizada no Jardim Noroeste, elas narram que não teriam condições de comprar chocolate para os filhos.

Nesse contexto, os alimentos também mostram que o amor pode ser construído em comunidade. “A gente vê a Páscoa não só como isso de ganhar o chocolate, mas pensando no significado deixado por Jesus. E na festa a gente também pode ver isso”, diz Roseli.

Mãe de Emily, de 9 anos, ela conta que se junta ao grupo de famílias sem condições de garantir a parte comercial da data. “Tudo é muito caro, então ter a festa aqui ajuda muito. E a gente ainda pode falar sobre solidariedade”.

Emily cresceu no bairro e explica que cenário melhorou, mas que dificuldades existem. (Foto: Juliano Almeida)
Emily cresceu no bairro e explica que cenário melhorou, mas que dificuldades existem. (Foto: Juliano Almeida)

Organizada por Maria Helena Esquivel, a festa ganha apoio dos comerciantes locais. É sobre essa união que Roseli comenta.

“Nós não perdemos nenhuma festa, sempre que tem, a gente vem. A Maria é uma mãezona para a comunidade e a gente aprende muito com ela. Acho que se não tivesse esse tipo de ação aqui, seria muito mais difícil de levar”, relata a mãe.

Assim como Roseli, Emily Sanches também é mãe e mora há quase duas décadas no Jardim Noroeste. “Aqui já foi muito pior, mas está melhorando. Mesmo assim, as famílias ainda são bem carentes”.

Emily tem duas filhas, Luisa e Maithê, de dois e um ano. “Eu também não conseguiria comprar os ovos. Nessas datas, é bem complicado”, diz.

Sabendo das dificuldades de crescer no bairro, ela comenta que a festa realmente é um momento de mostrar para as crianças que coisas boas são possíveis por ali.

E, completando o relato, Maria Helena, a responsável pela festa, garante que esse é um dos principais objetivos. Mostrar que o amor e a solidariedade podem crescer é sua missão há anos.

Festa de Páscoa para as crianças foi realizada neste sábado (30). (Foto: Juliano Almeida)
Festa de Páscoa para as crianças foi realizada neste sábado (30). (Foto: Juliano Almeida)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias