A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

02/09/2018 08:41

Professora cria sarau para alunos se encantarem pelos clássicos com teatro

Em escola pública, professora Ana Rachell toca o projeto há quase 20 anos

Thaís Pimenta
Alunas se vestem até de personagens homens para apresentar Otelo de William Shakespeare. (Foto: Acervo Pessoal)Alunas se vestem até de personagens homens para apresentar "Otelo" de William Shakespeare. (Foto: Acervo Pessoal)

A professora Ana Rachell Lemos de Oliveira Schmidt passou mais de 20, dos seus 45 anos, ensinando Literatura e Língua Portuguesa nas salas de aula do Colégio Estadual Arlindo de Andrade Gomes. Logo no início do trabalho, notou que a complexidade e as possibilidades da Literatura eram tantas que o tempo em sala de aula era pouco para mostrar isso aos alunos.

Por isso, Ana criou, meio que sem saber, um dos projetos mais importantes dentro da escola, o Sarau de Literatura, e propõe estudar literatura por meio do teatro. "Eu e os alunos selecionamos as obras que são marcantes para diferentes períodos dentro da matéria, seja o Romantismo, o Trovadorismo ou o Modernismo, por exemplo, passamos a analisar os livros e, no quarto bimestre do ano letivo, os grupos dentro das salas apresentam na forma de teatro tudo que aprenderam ao se aprofundar na letura'', detalha a professora.

São 20 anos com turmas de, no mínimo, 30 alunos, com pelo menos três turmas do 3º ano do Ensino Médio, então Ana já perdeu as contas de quantos estudantes já passaram pelo Sarau de Literatura. "Ele começou despretensiosamente mas hoje já faz parte do Projeto Politico Pedagógico da Escola, o documento mais importante aqui dentro, que mantem o projeto mesmo se, um dia, eu não estiver mais aqui", pontua Ana.

Alunos de 2017 que escolheram apresentar uma encenação sobre o livro O auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente. Ao centro está Ana. (Foto: Acervo Pessoal)Alunos de 2017 que escolheram apresentar uma encenação sobre o livro "O auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente. Ao centro está Ana. (Foto: Acervo Pessoal)

No primeiro bimestre do ano letivo, em sala, começa o primeiro pontapé do Sarau, e que os estudantes se apropriam do conhecimento, analisam e estudam os personagens. "A gente escolheu fazer com os alunos do 3º ano porque é o momento em que o aluno está comprovando que depois dele estudar tudo, adquirir todo o conhecimento, ele é capaz de passar esse conhecimento para o papel, no Enem, por exemplo, ou para outras pessoas, como é o caso do projeto".

No segundo bimestre eles começam a montar o roteiro da peça, escrevem o texto, dividem entre os alunos do grupo. Já no terceiro bimestre é que começam os ensaios. "A gente promove uma espécie de Arena Teatral, em que ora o público vira apresentador, ora os apresentadores se tornam o público das peças. Isso é muito bacana porque promove uma troca de conhecimento e não vira bagunça, pois esta todos concentrados". 

Então, o aluno chega com a função de apresentar, com seu grupo, uma obra clássica da literatura, e ganha outras cinco, seis ou até mesmo, sete obras, de uma vez só, se prestar atenção nas apresentações de seus colegas.

"É um projeto complexo, que trabalha a interpretação de texto, a presença de palco, a oratória. Costumo dizer que é um teste, uma escola, para o mercado de trabalho, pois os estudantes passam a ter noção do que é trabalhar em equipe, por exemplo, e quando ele se depara com essa realidade depois de formado não se choca tanto com as diferentes relações", completa Ana.

Emocionada, ela diz que o Sarau de Literatura é um dos seus filhos mais lindos. "Eu recebo tantas mensagens de alunos que dizem que tiveram suas vias transformadas depois do projeto, que descobriram o curso que queriam seguir depois da vivência no 3º ano. É emocionante de ver", finaliza.  E a edição de 2018 está prestes a ser exibida, nos dias 24, 25 e 26 de setembro, na própria escola.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

Shakespeare foi campeão de escolhas no ano passado. (Foto: Acervo Pessoal)Shakespeare foi campeão de escolhas no ano passado. (Foto: Acervo Pessoal)
Durante apresentação do livro clássico Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo. (Foto: Acervo Pessoal)Durante apresentação do livro clássico "Noite na Taverna", de Álvares de Azevedo. (Foto: Acervo Pessoal)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.