A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Maio de 2019

13/12/2018 08:13

Turma inventa desculpa, recupera carro do amigo e faz surpresa com xodó de 1991

Roberto foi surpreendido, nesta semana, com uma repaginada em seu carro antigo como presente de aniversário.

Thailla Torres
Roberto não imaginava a surpresa dos amigos que pintaram o Escort de 1991. (Foto: Paulo Francis)Roberto não imaginava a surpresa dos amigos que pintaram o Escort de 1991. (Foto: Paulo Francis)

Quando Roberto Campos, de 52 anos, resolveu trocar a moto por um carro, ele já sabia que queria um modelo antigo. Bastava mecânica em dia e pneus novinhos para fechar negócio. Quando encontrou o carro, não teve dúvidas e comprou. No entanto, nunca deu conta de renovar a pintura que o tempo destruiu. Mas uma corrente de amigos garantiu reforma surpresa que o deixou emocionado e o veículo novinho como presente de aniversário. 

Para dar conta da reforma, a turma passou dias inventando desculpas. "Disseram que iam pintar apenas o capô porque havia sobrado tinta na funilaria. Entreguei meu carro na oficina com a esperança de pegar na mesma semana, mas todo mundo me enrolou contanto história", diz Roberto.

Antes da pintura. (Foto: Arquivo Pessoal)Antes da pintura. (Foto: Arquivo Pessoal)
Depois da pintura nova. (Foto: Paulo Francis)Depois da pintura nova. (Foto: Paulo Francis)

Luis Fernando Costa Souza, de 41 anos, dono de funilaria, foi o responsável pela repaginada no Escort de 1991, que há 5 anos é o xodó de Roberto. "Conheço ele há mais de 20 anos e sei que é um cara que merece. Quando minha oficina está cheia, sei que posso contar com ele, não existe tempo feio com o Roberto".

Além de ter que driblar sobre o atraso da entrega do veículo, Luis inventou uma viagem para que Roberto não aparecesse na oficina. "Falei que tinha viajado e que não teria como ele ir pegar o carro, conseguimos enrolar alguns dias", conta.

Roberto admite que ficou ansioso à espera do xodó que faz falta no dia a dia. "Fiquei durante um tempo usando o carro do meu irmão, mas nem imaginava que eles estavam armando para mim". 

Quando Roberto cogitou ir à oficina, depois de tanta espera, o irmão tomou o carro emprestado para dificultar sua ida. "Aí fiquei sem carro de vez, mas decidi esperar, afinal sabia que era um presente a pintura do capô".

Ganhou abraços dos amigos. (Foto: Paulo Francis)Ganhou abraços dos amigos. (Foto: Paulo Francis)

O que ele não imaginava era chegar na oficina e encontrar o veículo todo pintado, do jeitinho que ele sonhou há tempos. "Fiquei muito emocionado. Na hora que abri o portão e enxerguei meu carro, não acreditei".

Depois de muitos abraços, Roberto entrou no carro novo satisfeito. "Agora fico com ele por muitos anos", diz.

Agora a cor brilha e não há o que reclamar, garante o dono. "Eu quis comprar esse carro porque ele é bom, nunca dá problema, quase não quebra".

O gosto pelos carros antigos surgiu na infância. Roberto nunca se viu em um carrão do ano e garante que o Escort antigo é tão confortável quanto os modelos mais novos. "É maravilhoso, não é à toa que eu quero ficar com ele".

A turma, mais uma vez, aproveitou a entrega para confraternizar uma amizade que existe desde à infância. "Nos conhecemos ainda pequenos, houve um intervalo e nos reencontramos muito tempo depois, foi quando começamos a realizar espetinhos e conversar entre a turma da escola", conta sobre os encontro. 

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Turma de amigos na oficina de Luis. (Foto: Paulo Francis)Turma de amigos na oficina de Luis. (Foto: Paulo Francis)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.