ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 23º

Consumo

Bolsas de banners, feitas em Campo Grande, chegam a desfile de Nova Iorque

Por Elverson Cardozo | 12/05/2013 07:00
Confira a Galeria de Imagens:
Desfile da marca em Nova Iorque. (Foto: Divulgação)
Desfile da marca em Nova Iorque. (Foto: Divulgação)
Modelo que entrou com a "bolsa piscina" abriu a toalha que tinha a bandeira do Brasil. (Foto: Divulgação)
Modelo que entrou com a "bolsa piscina" abriu a toalha que tinha a bandeira do Brasil. (Foto: Divulgação)

A iniciativa, por si só, merece destaque. Ao invés de dispensar banners usados, a jornalista Monique Klein resolveu reaproveitá-los e transformá-los em bolsas de malotes, carteiras e sacolas.

Quatro anos depois do lançamento da “Campo Grande a Tiracolo”, o trabalho, que promove a educação ambiental, chegou aos Estados Unidos.

No início deste mês, as peças produzidas na Capital atravessaram as fronteiras do Brasil para serem apresentadas no Ecolution, desfile organizado pela Casa Moda, em Nova Iorque.

Trata-se de um evento beneficente organizado por uma escola que ensina português a filhos de brasileiros residentes na cidade. Foi a própria Monique quem levou os trabalhou.

Em entrevista ao Lado B, a microempreendedora revelou que esta foi a primeira oportunidade que teve de levar o trabalho para fora.

Ela acredita que, com a visibilidade, a iniciativa poderá ter maior projeção para o setor que "tem pouca oportunidade no Brasil”.

Das cerca de 20 peças que foram levadas ao evento, pelo menos a metade entrou na passarela. A “bolsa piscina” foi o produto que mais chamou a atenção do público.

“Ela tem duas alças embaixo, que é para botar a tolha quando sai da piscina. Foi o ápice do desfile porque a modelo abriu a toalha, que tinha a bandeira do Brasil. A platéia estava cheia de brasileiros”, contou.

A criatividade no reaproveitamento do material também impressionou os gringos, afirmou. “Foi uma surpresa porque ninguém tem noção do que são feitas as bolsas. Não parece produto reciclado”.

Mas a matéria-prima que a marca utiliza não é só o banner. A produção é feita com malotes e retalhos diversos por parceiros como os Correios e as Secretarias Municipais. O início da empresa foi na incubadora Municipal Zé Pereira.

Confira algumas fotos do desfile.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário