ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 29º

Consumo

Comunicação não violenta vira colares e parte da renda vai para as favelas

Coleção de acessórios de cerâmica será lançada em desfile com entrada gratuita

Por Thailla Torres | 01/08/2022 11:27
Alguns dos modelos de colares.
Alguns dos modelos de colares.

Compaixão, empatia, coragem, respeito, sororidade, consentimento, singularidade e enlutar. Palavras de força que agora vão para colares de cerâmica que, além de compor o look de quem usa, terá renda revertida em solidariedade.

As consultoras de relações humanas, Ariane Osshiro e Monique Melo, juntamente com a artesã Maria Celina Piazza Recena realizam desfile no dia 13 e 14 de agosto para mostrar a coleção, com entrada gratuita

“Esta coleção tem um nome muito significativo para nós: Verbum, que, em latim, significa palavra. As palavras são capazes de ferir ou curar, adoçar ou amargar, trazer amor ou fazer sofrer e é por acreditar na forma e no poder da palavra (dita ou não) que nós trabalhamos com a Comunicação Não Violenta”, explica Ariane.

A apresentação das peças será feita durante feirinha da Casa Angí, no Tayama Park, em que além dos acessórios, também oferece alimentos, arte e produtos artesanais feitos por marcas locais, em um ambiente aberto e com música brasileira.

O desfile será com a participação de mulheres de diversos biotipos para ressaltar a pluralidade de beleza da mulher brasileira em todas suas semelhanças e diferenças.

Os colares poderão ser adquiridos no local e parte da renda com as vendas será destinada para a Central Única das Favelas - CUFA – de Campo Grande, que atua no auxílio de pessoas em situações de vulnerabilidade, moradores em situações de risco, favelas ou periferias. As atividades desenvolvidas são para o melhoramento dos cuidados pessoas, cultura, entretenimento, redes de solidariedade, trabalho e renda.

 Sobre a Comunicação Não Violenta - Desenvolvida pelo psicólogo norte americano, Marshall Rosenberg, e possui fundamentos na cultura de paz e da não violência, e convida a uma percepção em que todo comportamento é uma tentativa de satisfazer necessidades humanas universais. E é composta por quatro componentes: observação; sentimentos; necessidades e pedidos.

O desfile será nos dias 13 e 14 de agosto – sábado e domingo, na Casa Angí, que fica na Rua Yolanda Giordano, 149, Tayama Park. A partir das 19h.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias