A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/05/2017 06:10

Soletrando tem estrutura que favorece da Educação Infantil ao Ensino Fundamental

Informe Publicitário
Foto DivulgaçãoFoto Divulgação

Na Escola Soletrando Carpe Diem, criança tem espaço de sobra para aprender. O prédio na Rua 15 de Novembro foi planejado e construído para educar. Nas salas amplas, com luz natural que entra pelas grandes janelas de vidro, os alunos têm o conforto e a segurança que precisam na hora de desenvolver todas as habilidades e potenciais, com ensino bilíngue no Ensino Fundamental.

Com o método Tradicional Progressista, há regras de comportamento a serem respeitadas na escola, mas também plena liberdade na construção do raciocínio e do senso crítico. As turmas não aprendem o conteúdo apenas de maneira formal. Ao longo do ano, participam de projetos que, além de apresentarem disciplinas de forma mais prática, trabalham filosofia e valores como ética e cidadania.

O projeto da escola foi sonhado pela Equipe Pedagógica. Há 19 anos, a primeira sede, na Rua Piratininga, funcionava em prédio alugado. Então, ela sentiu a necessidade de um imóvel que não fosse apenas adaptado à educação, mas com a arquitetura que favorecesse o ensino. Por isso a mudança para sede própria, na 15 de Novembro, construída com todos os conceitos e fatores para atender cada necessidade pedagógica. E desta forma a Escola Soletrando Carpe Diem foi um divisor de águas na estrutura escolar em Campo Grande, bem como na linha pedagógica pois serviu de modelo para outras escolas que vieram depois.

Foto Divulgação (Suzy Caproni)Foto Divulgação (Suzy Caproni)

Hoje, a estrutura de 3 andares tem espaços arejados e climatizados, sala do brincar, quadra coberta, auditório, além de um cineminha e até uma cozinha experimental onde preparam receitas da aula de culinária saudável. "Alimentação faz parte da nossa grade curricular, assim como higiene e saúde, boas maneiras e uma ação permanente de respeito as diferenças, contra o bullying. Inclusive as cores da escola, verde e laranja, foram propositalmente escolhidas após estudo de cromoterapia que favorecem os alunos.

Também estão inseridos na rotina das crianças a musicalização como instrumento para aprendizagem de Matemática e Língua Portuguesa, além do balé e do futsal, em período regular de aula. As turmas começam com o Le Petit, para bebês a partir do 4 meses de vida, e seguem até o 5º ano do Ensino Fundamental. A partir dos 2 aninhos, todos os alunos têm a semana dividida entre conteúdo e projetos.

Na quarta-feira, por exemplo, é dia do "Louvando a Pátria" que mescla civismo e questões bem contemporâneas. "É um momento que as crianças trazem para a escola questionamentos sobre o Brasil. São assuntos que eles ouvem dos pais ou na televisão. Aqui, vamos solucionando as dúvidas, sem emitir opinião sobre os assuntos e respeitando cada faixa etária", diz a equipe pedagógica.

Durante o ano, toda a escola também se envolve em um projeto comum, com um tema para a Educação Infantil e outro para o Ensino Fundamental, que este ano é Vinícius de Moraes e "A Ciência", respectivamente. "No ano passado o tema foi geral: artistas plásticos. A biografia dos artistas é trabalhada em Língua Portuguesa, as datas em Matemática e os lugares onde nasceram em Geografia, para encorpar de forma culta o objetivo do projeto.

Foto Divulgação (Suzy Caproni)Foto Divulgação (Suzy Caproni)
Foto Divulgação (Suzy Caproni)Foto Divulgação (Suzy Caproni)

Para maior integração com a família, a escola cria momentos como a "Caixa da Interrogação", quando a criança escolhe um objeto em casa para levar para a escola e falar sobre ele com os colegas, e também a "Mala Viajante", um rodízio de livros que proporciona a leitura com os pais ou responsáveis.

As avaliações são mais um ponto pensado com cuidado pela Soletrando. No Ensino Fundamental, a criança começa a experiência com as provas, mensais e bimestrais, maratonas de matemática, Torneio Soletrando entre outras ferramentas que buscam avaliar num processo contínuo.

Os alunos também passam por simulados bimestrais, para analise mais ampla do desempenho da turma e direcionamento de conteúdo com o intuito de aprimorar o conteúdo aprendido.

Na Escola Soletrando Carpe Diem, os pais também podem optar por período integral ou intermediário, com almoço fornecido pela escola e atividades complementares no contraturno. "Temos horários bem flexíveis, tudo vai depender da necessidade dos responsáveis", explica a diretora.

Para conhecer melhor a Soletrando, a escola está aberta para visitas mediante agendamento, mas também é possível saber mais seguindo a escola no Instagram e na Fanpage no Facebook, e para tal, basta procurar por Escola Soletrando Carpe Diem que as redes sociais direcionam a busca.

A escola fica no Jardim dos Estados, Rua 15 de Novembro, 2010 entre Rio Grande do Sul e Bahia. Contato - 3324 9644 ou 3382 6758

Foto Divulgação (Suzy Caproni)Foto Divulgação (Suzy Caproni)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.