ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SÁBADO  29    CAMPO GRANDE 26º

Diversão

Com enredo afinado, samba esquenta pré-Carnaval da Catedráticos

Por Viviane Oliveira | 11/02/2012 15:56
Com as cores preta, branco, detalhes vermelho e amarelo ouro, 500 integrantes prometem esquentar o Carnaval deste ano. (Foto: Marlon Ganassin)
Com as cores preta, branco, detalhes vermelho e amarelo ouro, 500 integrantes prometem esquentar o Carnaval deste ano. (Foto: Marlon Ganassin)

Escolhido para representar a escola Catedráticos do Samba no Carnaval 2012, o enredo “Tem mel, pimenta, farinha, tem queijo, peixe e pastel” vai homenagear o Mercadão Municipal, em Campo Grande, e levar a alegria da escola para a avenida.

Com as cores preta, branco, detalhes vermelho e amarelo ouro, 500 integrantes divididos em 11 alas e quatro carros alegóricos prometem esquentar o Carnaval deste ano.

Na noite desta sexta-feira (11), além do último pré-Carnaval realizado na quadra da escola Deixa Falar, no bairro Silvia Regina, também foi escolhida a rainha e a musa da Catedráticos do Samba.

Emocionada, a rainha escolhida pelos jurados, Roseane Ribeiro Amorin, 26 anos, disse que espera levar emoção e energia para os foliões na avenida.

“Nós estamos ensaiando desde outubro do ano passado. Quero transmitir para o público todo nosso entusiasmo”, afirma a rainha, que também vai desfilar na escola Cinderela Tradição do bairro José Abrão.

Emocionada, a rainha dos Catedráticos foi escolhida pelos jurados na noite desta sexta. (Foto: Marlon Ganassin)
Emocionada, a rainha dos Catedráticos foi escolhida pelos jurados na noite desta sexta. (Foto: Marlon Ganassin)

A musa, Marisa Pereira, 25 anos, participa do Carnaval há 2 anos. Apesar do pouco tempo ela mostrou que tem simpatia e samba no pé. Com a certeza de que ia levar o título para a casa, Marisa afirma que participou do concurso já confiante.

Acompanhada pelo esposo José Aparecido, 29 anos, ela conta que já foi rainha do Cruzeiro e gosta de participar de concursos de Carnaval. “Eu gosto de samba. Estou feliz por representar minha escola do coração”.

Com a voz semelhante à da cantora Alcione, a acadêmica de direito Vanessa Malheiros Benevides, 32 anos, mais conhecida como Vanessa Marrom, se prepara para puxar o samba no dia da folia, na companhia de dois intérpretes ao som de dois cavaquinhos e um violão.

A acadêmica conta que em época de Carnaval enfrenta uma verdadeira maratona para comparecer a todos os ensaios, de segunda a domingo duas horas por dia. “Estudo de manhã e trabalho até às 22 horas. Sorte minha que os meus chefes entendem que Carnaval é cultura e me liberam para os ensaios”, comemora a jovem.

Vanessa conta que todos os anos os componentes da escola levam por amor o samba para a avenida. “O dinheiro que recebemos é pouco. Muita coisa sai do nosso bolso, mas fazemos isso por amor ao Carnaval”, relata.

Para ela a rivalidade entre as escolas deve ficar somente para o dia das apresentações. “As escolas têm que ser mais unidas. Somente com união e dedicação é que vamos lutar para cada ano melhorarmos o Carnaval da nossa Capital”, salienta.

Na casa de Vanessa não é só ela que tem paixão pela folia. A mãe Neuza Malheiros, 58 anos, a irmã e o irmão, cada um tem uma função na agremiação. Há 10 anos a aposentada Neusa é a diretora social da Catedráticos.

“Vamos fazer um Carnaval bonito. A novidade para este ano é a coreografia da bateria, quem participou dos ensaios aprovou o que viu”, finaliza Neusa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário