A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Julho de 2019

15/06/2019 08:34

Em show, Munhoz e Mariano cumprem promessa e recebem Cigano e Sereno

Dupla cantou músicas do novo EP "Buteco" e falou sobre importância de oportunidades para quem está no início da carreira.

Kimberly Teodoro
Antes de encerrar o show, eles cumpriram a promessa feita aos irmãos Cigano e Sereno. (Foto: Arnaldo Muniz)Antes de encerrar o show, eles cumpriram a promessa feita aos irmãos Cigano e Sereno. (Foto: Arnaldo Muniz)

Segundo dia do Arraial de Santo Antônio teve um dos shows mais esperados pelo público, a dupla Munhoz e Mariano voltou à Campo Grande para a festança. Quem foi até a Praça do Papa curtiu uma apresentação de quase uma hora e quarenta minutos. Mas a noite foi mesmo especial para Cigano e Sereno que, assim como prometido, subiram ao palco com os cantores.

Abrindo a noite, as duplas João Lucas e Walter Filho animaram o público que também aproveitou o concurso de quadrilhas, as barraquinhas de comida típica, a feira de artesanato e o parque de diversões com a família e com os amigos. Hoje (15) é o último dia de festa, para quem ficou de fora, ainda dá tempo de participar.

Intérpretes de hits como “Camaro Amarelo”, “Balada Louca” e “Beberrão”, Munhoz e Mariano entraram por volta das 23h40, revivendo um pouco da trajetória musical, quando tocavam em botecos pela capital, antes da fama. Entre os sucessos já conhecidos, o repertório passou por uma homenagem aos Mamonas Assassinas, com direto à fantasia de Chapolin Colorado para Munhoz, até modão e uma palinha da música “Que jeito que vai embora”, parte do projeto em comemoração dos dez anos de estrada.

Suspense sobre a participação de Cigano e Sereno durou até os últimos minutos, mas a dupla fez parte do show.Suspense sobre a participação de Cigano e Sereno durou até os últimos minutos, mas a dupla fez parte do show.

Antes de encerrar o show, eles cumpriram a promessa feita aos irmãos Cigano e Sereno, dupla que ficou conhecida nas redes sociais depois soltar a voz e contar em vídeo a trajetória de 2.170,0 km percorrida de Rondônia à Campo Grande. Gravado na região das Moreninhas, em pouco o depoimento viralizou, chegando inclusive ao empresário de Munhoz e Mariano.

A movimentação rendeu a Cigano e Sereno um convite para participar do show no Arraial de Santo Antônio. Na época, Ninho, empresário da dupla chegou a declarar ao Lado B que estava indicando os irmãos para produtores musicais e acreditar que a carreira deles pode dar certo. Relembre o caso clicando aqui.

Ainda assim, cerca de vinte minutos antes de Munhoz e Mariano subirem ao palco, a participação de Cigano e Sereno era incerta, já que os irmãos ainda não tinham entrado em contato com a produção local, que não sabia do convite e nem chego à Praça do Papa.

Em entrevista ao Lado B, Munhoz comentou o caso. “A gente viu a reportagem deles, a gente viu que o vídeo viralizou nos grupos de whatsapp e a gente viu eles cantando. O nosso empresário fez um convite para eles e até agora nós não vimos eles ainda”.

Munhoz e Mariano cantaram músicas do novo EP Buteco e falou sobre importância de oportunidades para quem está no inicio da carreira. (Foto: Arnaldo Muniz)Munhoz e Mariano cantaram músicas do novo EP "Buteco" e falou sobre importância de oportunidades para quem está no inicio da carreira. (Foto: Arnaldo Muniz)

Por telefone mais cedo, os irmãos também não haviam confirmado presença no show. Cigano contou à reportagem que depois do convite, não teve mais contato com a produção de Munhoz e Mariano e nem com o programa de televisão que havia prometido levar os dois até o local da apresentação.

A saga chegou ao fim quando Cigano e Sereno conseguiram pegar um uber até a Praça do Papa e chegar ao camarim, onde foram recebidos por Munhoz e Mariano.

Questionados sobre a oportunidade oferecida a Cigano e Sereno, Mariano explicou que é comum nas apresentações da dupla. “Isso a gente faz diariamente, fazemos show por todo o Brasil e em 99% deles tem participação de algum artista regional, de alguma cidade vizinha, isso é uma coisa que sempre defendemos porque nós começamos assim também. No começo da carreira do Munhoz e Mariano, sempre participamos de shows de outros artistas, então é uma coisa que temos como regra, minha e do Munhoz de sempre que a gente tiver oportunidade de abrir as portas para alguém no show, não temos nenhum empecilho. A pessoa chega, entra em contato com o nosso produtor, já nos conhecemos no camarim, combina uma música com a banda, para mostrarem o trabalho deles”.

O “final feliz” dessa história foi embalado pela música “Pedaços de minha vida”, de Matogrosso e Mathias. (Foto: Arnaldo Muniz)O “final feliz” dessa história foi embalado pela música “Pedaços de minha vida”, de Matogrosso e Mathias. (Foto: Arnaldo Muniz)

Pouco antes de subir ao palco, Cigano e Sereno já estavam tranquilos, apesar das dificuldades. “Chegamos lá, conversaram com a gente. Disseram era para termos vindo mesmo, nos ajudaram a escolher a música para cantar, chamaram o pessoal da banda para combinar tudo certinho”.

O “final feliz” dessa história foi embalado pela música “Pedaços de minha vida”, de Matogrosso e Mathias, por volta da uma hora da manhã, quando Munhoz e Mariano apresentaram os irmãos ao público, não sem antes relembrar a história de vida e as dificuldades que os levaram até lá.

Além de promover o EP “Buteco”, Munhoz e Mariano prometem mais seis músicas “a serem trabalhadas ao longo de 2019”, e retornar à cidade com um DVD até o final do ano, em comemoração aos dez anos de carreira.

Programação - A festa acaba no sábado (15), com o final do concurso de quadrilhas e shows de David e Guilherme, Brenno Reis e Marcos Viola além do cantor Thiago Brava.

O Arraial de Santo Antônio acontece na Praça do Papa, os portões abrem a partir das 18h, com início da programação às 19h e encerramento até meia-noite.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.