ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Diversão

Teatro Aracy Balabanian recebe “Todo redemoinho começa com um sopro”

O espetáculo “Todo redemoinho começa com um sopro” estará em cartaz de 11 a 13 de abril, sempre às 20h

Por Thailla Torres | 10/04/2024 09:31
Gratuitas, as sessões serão sempre às 20h, com distribuição de ingressos meia hora antes de cada apresentação. (Foto Vaca Azul)
Gratuitas, as sessões serão sempre às 20h, com distribuição de ingressos meia hora antes de cada apresentação. (Foto Vaca Azul)

O mês de abril nem bem começou e já traz consigo opção de arte para a população. É a peça “Todo redemoinho começa com um sopro” que estará em cartaz, nos dias de 11, 12 e 13 de abril (quinta-feira a sábado), no Teatro Aracy Balabanian, que passou por reforma e foi reinaugurado recentemente. Gratuitas, as sessões serão sempre às 20h, com distribuição de ingressos meia hora antes de cada apresentação ou reservas pelo Sympla.

Com a recente reinauguração do Teatro Aracy Balabanian, a Cia OFIT escolheu o espaço para receber a peça por ser um local que já foi cenário de muitos trabalhos artísticos de MS e cujo próprio grupo já desenvolveu marcantes projetos.

“Para nós é a retomada de um espaço importante para o teatro sul-mato-grossense. A OFIT já esteve naquele palco com ‘A Serpente’, ‘No Gosto Doce Amargo das Coisas que Somos Feitos’ e tantos outros espetáculos. Inclusive, ‘No Gosto Doce e Amargo’ é uma peça que inspirou a criação da dramaturgia de ‘Todo Redemoinho começa com um sopro’”, destaca o diretor da Cia OFIT, Nill Amaral.

E, por falar em simbologia e lugares de memórias, o espetáculo que já vem sendo encenado há mais de 5 anos e passou por diversas cidades de MS, traz em sua trama algo que vai muito ao encontro com o Teatro Aracy Balabanian. Trata-se da história que está impregnada na parede de todo e qualquer imóvel, seja lar ou comércio, todo ponto físico guarda consigo uma narrativa à espera de atenção - espectador ou ouvinte.

Em “Todo Redemoinho começa com um sopro”, a dramaturgia traz a história de uma casa que, já sem sua moradora original, recebe dois jovens que têm a missão de empacotar objetos dessa mulher e assim esvaziar o local. Um gesto a princípio simples, mas, que no decorrer da história revela um verdadeiro inventário de significados estranhamente encaixotados. Memórias esquecidas à espera de um visitante.

Programação - A 2ª Edição da Semana Clarice Lispector em Cena promove palestras, performances, bate papo e a apresentação do espetáculo “Todo redemoinho começa com um Sopro, dramaturgia inspirada elaborada a partir dos ecos de outra montagem da Cia Teatral OFIT, “No gosto doce e amargo das coisas de que somos feitos”, concebida no ano de 2007.

Com dramaturgia de Éder Rodrigues e direção de Nill Amaral, o espetáculo conta no elenco com Nádja Mitidiero, Samir Henrique, Karine Araújo e Luciana Kreutzer (participação em vídeo). Na coordenação de criação de espaço e visualidade da cena, Gil Esper; na iluminação e montagem, Rodrigo Bento e Dudu Leite; videografia e arte designer Bruno Augusto, e produção de Cia OFIT.

O projeto conta com apoio cultural do Centro Cultural José Octávio Guizzo, da FCMS – Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul, da Setesc - Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura, do Governo de Mato Grosso do Sul, do Sesc de MS - Fecomércio, Rádio Uniderp FM - Fundação Manoel de Barros, Dico Panificadora e da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (Facale/UFGD).

A 2ª Edição da Semana Clarice Lispector em Cena, contará também com a performance teatral “Memória MS”, nos dias 11, 17 e 18 de abril, às 19h, também no Teatro Aracy Balabanian. Trabalho que conta no elenco com André Tristão, Estefânia Bueno, Camila Brito, Nilce Maciel, Pepa Quadrini e Camila Morosini. Com direção e dramaturgia de André Tristão.

O teatro fica situado no Centro Cultural José Octávio Guizzo, Rua 26 de Agosto, 453, centro da Capital.

Nos siga no Google Notícias