A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Maio de 2019

16/05/2019 08:10

Com jacaré empanado no coco, jantar reúne chefs que liberam receitas práticas

Evento especial comemora 25 anos da Associação Juliano Varela

Danielle Valentim
Juliano dá acabamento ao Dog Down, homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down.(Foto: Paulo Francis)Juliano dá acabamento ao Dog Down, homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down.(Foto: Paulo Francis)

Com requinte e impecável recepção feita por alunos da Associação Juliano Varela, o jantar em comemoração aos 25 anos da instituição foi repleto de emoção e pratos inéditos criados especialmente para a data.

Com deliciosas entradas e pratos principais, o que mais chamou a atenção foi utilização de ingredientes típicos da culinária sul-mato-grossense. Um dos fundadores e membro da diretoria, Felipe Gregório Queiroz, de 56 anos, pediu bis do cardápio. “Para nós é uma alegria imensa essa reunião de chefs no evento. Somos gratos pela recepção e por todos que vieram. Eu provei quase todos os pratos e, realmente, eles têm o dom de Deus e está tudo excelente. Com já deu certo queremos continuar todos os anos”, disse.

O evento realizado na Adepol marcou o primeiro encontro de Chefes de Mato Grosso do Sul e rendeu receitas que Lado B anotou algumas para vocês.

Além do tradicional macarrão de comitiva, um dos primeiros pratos a esgotar, a Chef Dedê Cesco juntou o pintado empado a uma salada de folhas e vinagrete de maracujá. “Com muitas folhas e pintado empanado, temos a abobrinha frita, vinagrete de maracujá, coração de alcachofra, legumes e tomate cereja. Para montar é tudo a gosto”, frisou.

Felipe, um dos fundadores e membro da diretoria, Felipe Gregório Queiroz, de 56 anos, pediu bis do cardápio. (Foto: Paulo Francis)Felipe, um dos fundadores e membro da diretoria, Felipe Gregório Queiroz, de 56 anos, pediu bis do cardápio. (Foto: Paulo Francis)
Além do tradicional macarrão de comitiva, um dos primeiros pratos a esgotar, a Chef Dedê Cesco juntou o pintado empado a uma salada de folhas.
(Foto: Paulo Francis)Além do tradicional macarrão de comitiva, um dos primeiros pratos a esgotar, a Chef Dedê Cesco juntou o pintado empado a uma salada de folhas. (Foto: Paulo Francis)

O chef de cozinha paulistano André Chowk, já conhecido pelo risotto de sobá, levou o tradicional caldo de mandioca com carne seca e lançou no evento a sobremesa “Mil folhas de mandioca com consomé de abacaxi”.

Anote aí: 1 kg de mandioca in natura fatiada da forma mais fina que conseguir

1 litro de leite de coco
1 lata e creme de leite
1 lata de leite condensado
100 gramas de coco ralado

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes e reserve. Para montar você deve cobrir a forma com as fatias de mandioca e despejar parte da mistura líquida de forma intercalada, como se fosse montar um pavê. Depois levo ao forno até dourar, cerca de 30 minutos. Para o consomé, você deve misturar em uma panela, o suco concentrado do abacaxi, com duas xícaras de açúcar e mexer até engrossar. Na hora de servir jogue em cima da porção. Simples, rápida e para qualquer comemoração ou evento.

André lançou no evento a sobremesa “Mil folhas de mandioca com consomé de abacaxi”.(Foto: Paulo Francis)André lançou no evento a sobremesa “Mil folhas de mandioca com consomé de abacaxi”.(Foto: Paulo Francis)
Sobremesa Mil folhas de mandioca é novidade em Campo Grande.  (Foto: Paulo Francis)Sobremesa Mil folhas de mandioca é novidade em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

Com uma junção gastronômica regional, o Chef Cleyton Danillo apresentou o “Segredos do Pantanal”. Ele brinca que o nome foi dado por seu mestre, o Chef Laudir. “O prato envolve todos os itens da nossa comida tradicional, mas o nome foi nosso mestre (Laudir) quem deu”, pontua.

Anote aí: 5 bananas da terra
½ kg de filé mignon
cebola
queijo
requeijão
farinha de mandioca
manteiga
ervas e castanhas

Modo de preparo: Você vai assar as bananas até a casca abrir e depois bater no liquidificador até obter uma massa homogênea. Numa panela coloque uma colher de manteiga, as bananas batidas, o requeijão e o queijo. Mexa e reserve. O filé mignon deve ser cortado em medalhão na espessura de 3 dedos. Com um pouco de manteiga e erva sele-o e deixe ao ponto. Para a farofa, use a criatividade com o que tiver em casa. Pode colocar bacon, calabresa, cebola, castanha e banana e, por fim, monte o prato. A receita serve duas pessoas.

Chef Cleyton Danillo apresentou o “Segredos do Pantanal”. (Foto: Paulo Francis)Chef Cleyton Danillo apresentou o “Segredos do Pantanal”. (Foto: Paulo Francis)
Purê de banana da terra, filé mignon e farofa com castanhas.  (Foto: Paulo Francis)Purê de banana da terra, filé mignon e farofa com castanhas. (Foto: Paulo Francis)

Outro prato principal para lá de regional foi o “Jacaré empanado com coco” do Chef italiano Francesco Luigi. “O meu prato é uma parte não muito comum, que é a coxa. As pessoas tem costume de usar o rabo, eu estou usando uma parte não tão nobre e eu estou servindo com purê de banana da terra”, pontua.

Anote aí: 500 gramas de coxas de jacaré
5 bananas
e o restante dos ingredientes a gosto

Modo de preparo: Você vai temperar a coxa, empanar na farinha de trigo, ovo e na mistura de coco ralado e farinha Panko. Antes do processo de empanar, você precisa assar as coxas por 10 minutos, pois a carne contém osso e requer mais tempo de cocção para não ficar crua. Depois disso frita. Para o purê você precisará assar as bananas até a casca abrir, bater com açúcar mascavo, canela, requeijão e queijo. Prontinho e só montar o prato.

Chef italiano Francesco Luigi levo uma parte não tão comum do jacaré: as coxas. (Foto: Paulo Francis)Chef italiano Francesco Luigi levo uma parte não tão comum do jacaré: as coxas. (Foto: Paulo Francis)
“Jacaré empanado com coco” e purê de banana da terra. (Foto: Paulo Francis)“Jacaré empanado com coco” e purê de banana da terra. (Foto: Paulo Francis)

Em meio a tantos sabores e cores, o Chef Bruno Abreu apresentou o Risoteiro, que é um risotto de carne assada. O prato estava sendo feito na hora para quem quisesse aprender.

Anote aí: Para a base: 1 kg de risoto
1 litro de vinho
Para o fundo: água, salsão, alho poró, cenoura e cebola.
Carne assada em tiras
banana em cubos
tomate cereja
manteiga
queijo parmesão

Modo de preparo: Com a água saborizada feita com os ingredientes para o fundo você vai cozinhar o risotto. Para finalizar você acrescentará a banana, a carne, manteiga, parmesão até dar o ponto cremoso. Para montar o prato é só enfeitar com flores comestíveis.

 

 Chef Bruno Abreu apresentou o Risoteiro. (Foto: Paulo Francis) Chef Bruno Abreu apresentou o Risoteiro. (Foto: Paulo Francis)
Risotto de carne assada. (Foto: Paulo Francis)Risotto de carne assada. (Foto: Paulo Francis)

O chef Juliano Varela não poderia faltar. Ele estava no stand da Make Burguer servindo o Hot Down, criado por ele, em homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down.

“Hoje eu estou apresentando o Hot Dog”, disse Juliano. “Ele foi convidado para ser o chef do mês e junto ao chef Edu Rejala desenvolveu o Dog Down 2.0 que é pão de hot dog, salsicha frankfut empada, paleta suína defumada, cheddar maçaricado e molho barbecue”, completou Evandro Caramalac, proprietário da Make Burguer.

Chef Juliano Varela servindo sua criação. (Foto: Paulo Francis)Chef Juliano Varela servindo sua criação. (Foto: Paulo Francis)
Juliano foi convidado para ser o chef do mês, disse Evandro Caramalac, proprietário da Make Burguer.
(Foto: Paulo Francis)"Juliano foi convidado para ser o chef do mês", disse Evandro Caramalac, proprietário da Make Burguer. (Foto: Paulo Francis)

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Confira mais foto no evento na galeria:




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.