ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Sabor

Com picolés granulados, portinha na periferia é paraíso da criançada

Só um gelado mesmo para aliviar o calor dos últimos tempos. Lá no Tijuca, a única sorveteria do bairro tem salvado seus moradores

Por Raul Delvizio | 28/09/2020 08:05
Que tal um picolé gourmet para te salvar nesse calorão? (Foto: Reprodução/Instagram)
Que tal um picolé gourmet para te salvar nesse calorão? (Foto: Reprodução/Instagram)

A plaquinha na rua e a fachada em rosa já indicam: aqui se encontra uma loja de sorvetes. Nada melhor que uma sobremesa gelada para dar conta do calorão. O negócio próprio dos irmãos Cícero e Danilo dos Reis nasceu na pandemia e continua de pé não só por causa do tempo quente, mas pelo sucesso dos picolés baratíssimos e até em versões gourmetizadas.

Os irmãos Cícero, ao fundo, e Danilo à frente (Foto: Kísie Ainoã)
Os irmãos Cícero, ao fundo, e Danilo à frente (Foto: Kísie Ainoã)

Por lá, cada unidade sai por R$ 0,85, e ainda se você levar 12 sai por R$ 10. Ou seja, o preço é bastante convidativo. “Acabou de sair um ‘vizinho’ que levou 330 picolés para a família inteira”, disse Cícero. Seja de fruta ou leite, sabor é o que não vai faltar.

E as variedades gourmet? Tem de chocolate crocante, chiclete, coco e “leblito” – em referência ao "tablito" da Kibon, mas desta vez a receita é da Lê Sorvetes. Esses 4 sabores são feitos ao leite, com recheio e ainda cobertos com calda e granulados com bolinhas sortidas de cereal. São lindos de ver, melhor ainda na boca da criançada.

Kids, Prestígio, Crocante e Leblito são as variedades gourmetizadas (Foto: Kísie Ainoã)
Kids, Prestígio, Crocante e Leblito são as variedades gourmetizadas (Foto: Kísie Ainoã)

“Somos carentes de novidade. E aqui no Tijuca é a única sorveteria do bairro. Fora que compensa muito pelo preço, né, tem opção que a criança adora”, afirmaram Lucas e Mariana Xavier. Pedro, o filho pequeno do casal, ficou tímido na presença do Lado B, e só foi abrir a boca para lamber o mini picolé de uva, seu preferido.

Segurando o filho Pedro, estavam os moradores do bairro Mariana e Lucas Xavier (Foto: Kísie Ainoã)
Segurando o filho Pedro, estavam os moradores do bairro Mariana e Lucas Xavier (Foto: Kísie Ainoã)

Os donos do estabelecimento vieram do interior de São Paulo para a Cidade Morena. Primeiro veio Danilo, que foi transferido do trabalho e trouxe sua família. Na sequência, vieram mãe, pai, tios, primos e, por fim, o irmão Cícero. Agora, todo mundo é campo-grandense.

“Não temos vontade de sair daqui, terra muito boa. Lá em Franca, também tínhamos uma sorveteria, mas o clima daqui é muito mais convidativo pro negócio. Lá são 7 meses de frio, enquanto que aqui praticamente é o ano todo de calor”, explicou Danilo.

Para que Cícero não ficar mais sozinho e limitado no município paulista, o irmão sugeriu que ele também viesse para Campo Grande. Montaram a sorveteria durante a pandemia. “Quando todo mundo tá fechando as lojas, a gente abriu a nossa”.

Quais seriam os 12 sabores que o casal levaria? Resolveram pegar 1 de cada (Foto: Kísie Ainoã)
Quais seriam os 12 sabores que o casal levaria? Resolveram pegar 1 de cada (Foto: Kísie Ainoã)

Hoje, revendem as sobremesas em 8 pontos espalhados pela Capital. O próximo passo – e que já se encontra em curso – é a abertura de uma segunda loja. Que continue doce.

A Lê Sorvetes tem perfil no Instagram. Endereço é na rua Souto Maior, 1016, Tijuca.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Seja de fruta ou ao leite, tem muito sabor de picolé para escolher (Foto: Kísie Ainoã)
Seja de fruta ou ao leite, tem muito sabor de picolé para escolher (Foto: Kísie Ainoã)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário