A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Outubro de 2018

02/10/2018 08:09

De professor de capoeira a gerente de posto, Stevan mudou de vida com hot dog

No Maria Pedrossian, ele começou com um carrinho e hoje tem mais duas filiais graças ao "molho"

Thaís Pimenta
Stevan era professor de capoeira, trabalhava como gerente de pista, e largou tudo para cuidar de seu sonho de ser corretor e a vida mudou de rumo. (foto: Paulo Francis)Stevan era professor de capoeira, trabalhava como gerente de pista, e largou tudo para cuidar de seu sonho de ser corretor e a vida mudou de rumo. (foto: Paulo Francis)

Stevan Antônio de Lima queria mesmo era ser corretor de imóveis, mas quando largou os empregos como professor de capoeira e gerente de um posto de gasolina, acabou com um carrinho de hot dog no Maria Pedrossian. Hoje, depois de 4 anos estacionado na esquina da escola estadual Dolor Ferreira de Andrade, já são dois pontos "franqueados" pela cidade, no Noroeste e no Arnaldo Figueiredo.

"Foi um convite de um cliente do posto que me sugeriu que eu assumisse o negócio dele de cachorro-quente que ele tinha se desligado há 6 meses. Eu havia dito que queria algo mais flexível para que eu pudesse trabalhar como corretor durante o dia", lembra ele. Foi preciso um "sim" da esposa e companheira de negócio, Érika Vieira, para que Stevan não pensasse duas vezes antes de confirmar com o cliente que ficaria com seu carrinho de hot dog.

Para ele, é o molho de alho que serve que faz sucesso e atrai clientes. "É Erika quem faz e tem a receita", acrescenta ele sobre a receita da esposa. O preço, por outro lado, é que fez os outros pontos, um assumido pelo seu irmão Stenio, e outro pelo amigo Carlos, também darem certo. "Como são franquias, tudo é preparado aqui no Pedrossian, os molhos, o bacon, o milho, e distribuído para lá. Os distribuidores também entregam tudo pra mim".

Hot dog especial é o maior da casa, leva até bacon dentro, e custa R$ 7,00. (Foto: Paulo Francis)Hot dog especial é o maior da casa, leva até bacon dentro, e custa R$ 7,00. (Foto: Paulo Francis)

O primeiro passo foi um cantinho bem simples. Depois de alguns meses, ele conseguiu comprar carretinha e a partir dai a evolução começou. Porém, como tudo na vida, nada foi perfeito. Antes de a rua em que estacionava ser asfaltada, a Rua Ponta Grossa, bastava uma chuvinha para que todo o barranco descesse e atingisse a caretinha do Skina's. 

"Era um sufoco, eu e minha esposa tínhamos que sair catando tudo e voltar pra casa. Quando fazia frio também era duro, porque ela ficava mexendo com o caldo, com o braço mais no calor, e começou a sentir dores com essa mudança de temperatura", lembra ele. 

Foi a reclamação de Erika que fez Stevan pensar em alugar um ponto fixo, com cobertura, para dar mais conforto a esposa e aos clientes. Foi quando tudo começou a melhorar e mudar de cenário.

Último carrinho que acabou ficando desligado. (foto: Acervo Pessoal)Último carrinho que acabou ficando desligado. (foto: Acervo Pessoal)

Sem nunca abandonar o bairro onde cresceu, a sorte foi achar um espaço perto da escola em que estudou a vida toda e onde conheceu Erika, inclusive, onde os dois começaram a namorar e engataram o relacionamento de mais de 20 anos.

"Pra chegar até aqui foi um ano de carretagem. Quando estourou a crise econômica no Brasil em 2015 eu, que ainda corretava durante o dia, deixei de lado o trabalho que tinha sido minha motivação para mudar de vida, e assumi a bronca de fazer dar certo o Skina's", lembra. 

 

Suzi, Stevan, e Lidi tocam o negócio a noite, depois da esposa Erika preparar tudo. (foto: Paulo Francis)Suzi, Stevan, e Lidi tocam o negócio a noite, depois da esposa Erika preparar tudo. (foto: Paulo Francis)

No cardápio, lanches tradicionais tem na salsicha o carro chefe. De R$ 4,50 a R$ 7,00, o simples escolhe entre opções simples, duplas, e especiais. E um lanche em específico, o Sem Salsicha com Queijo, atende crianças e pessoas vegetarianas.

"Pessoal me questiona sempre sobre esse, dizendo que não entende o nome, porque se é hot dog é com salsicha. Mas a gente criou ele porque muita gente pedia sem salsicha para as crianças poderem comer e aí já coloquei logo no cardápio. Ao invés do embutido, vem queijo mussarela".

Vendendo uma média de 160 pães no seu ponto do Pedrossian, hoje ele abandonou o trabalho como professor. "Tenho tempo apenas de treinar com meu mestre", acrescenta. Mesmo a virada de rumo na vida jamais imaginada, Stevan agradece. "Sempre quis, tinha em minha mente, que eu abriria um negócio meu, fosse do tamanho que fosse. Hoje a gente cresceu, graças a Deus, mas ver isso tudo aqui de pé, comprado por mim, é bom demais".

O Skina's Hot Dog fica na rua Ponta Grossa, 281, no bairro Maria Aparecida Pedrossian, e está aberta de domingo a sexta, das 17h às 23h. 

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.