ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 21º

Sabor

Ju trouxe "Dogão Responsa" direto de Londrina e pastel com vinagrete

Versão diferente do cachorro-quente não tem molho, é feita com frango desfiado e maionese especial

Por Jéssica Fernandes | 02/06/2022 08:03
Lanche famoso em Londrina é recheado com frango desfiado e salsicha. (Foto: Kísie Ainoã)
Lanche famoso em Londrina é recheado com frango desfiado e salsicha. (Foto: Kísie Ainoã)

Há oito anos, Jucielli Torres, de 33 anos, veio de Londrina (PR) para Campo Grande com a família. Além da saudade da terra natal, ela sempre sentia vontade de comer o típico “Dogão Responsa”, que é um lanche bem popular na região. Após não encontrar na cidade, este ano, ela abriu a Vila onde prepara a receita e vende até pastel com vinagrete.

Durante a pandemia, ela começou a preparar o lanche em casa para a família, que antes, por ser tão fã do lanche, trazia ele congelado de Londrina. Depois de todo mundo aprovar a receita, a “Ju”, como prefere ser chamada, passou a preparar o Dogão Responsa para os vizinhos e amigos.

Ao ver que o prato agradou os campo-grandenses, ela teve a ideia de abrir o negócio em março deste ano, porém só no dia 15 de maio, aconteceu a inauguração. Feito nas versões simples e duplo, a mais completa acompanha o pão, duas salsichas, tomate, maionese caseira, ketchup, mostarda e o frango desfiado.

Feito na chapa, 'Dogão da Responsa' tem duas versões e não é prensado. (Foto: Kísie Ainoã)
Feito na chapa, 'Dogão da Responsa' tem duas versões e não é prensado. (Foto: Kísie Ainoã)

Feito na chapa, o dogão não é prensado e também não vem com o molho das receitas comuns. Quem quiser acrescentar mais ingredientes, a casa tem o adicional de bacon e, prezando pela originalidade do prato servido em Londrina, Ju não coloca mais nada no lanche.

A proprietária comenta sobre o carro-chefe da casa e o motivo pelo qual apostou vender o lanche na cidade. “Eu já rodei em Campo Grande para comer e não tem esse dogão. Falando, parece muito simples, mas na hora que você come, você sente a diferença. Temos quatro tipos de lanche, mas brinco que são dois, porque é com ou sem o frango”, conta.

O frango desfiado no lanche causa estranhamento nas pessoas que não estão acostumadas com a mistura, porém a empresária diz que após a primeira mordida, vem a aprovação. "A galera fala que tem preconceito do frango com o lanche e eu falo: 'Calma, come' e depois elas dizem: 'É bom mesmo'. O pessoal tem aprovado, graças a Deus", afirma.

Jucielli fala sobre o prato e a reação dos clientes da loja. (Foto: Kísie Ainoã)
Jucielli fala sobre o prato e a reação dos clientes da loja. (Foto: Kísie Ainoã)

No local, Ju optou decorar as paredes com lambe-lambes coloridos e estampados por versos de músicas famosas, como “Evidências” e “Segura o Tchan”. Fora isso, ela colocou no ambiente frases que todo mundo ouviu alguma vez, por exemplo: ‘Está passando na sua rua o carro dos ovos”.

Ela relata que buscou criar um local simples que fizesse referência ao bairro onde cresceu e aos produtos vendidos na loja. “A parte de decoração é bem diferente e tudo aqui foi pensando pela gente. Em Londrina, morávamos num bairro que todo mundo conhece como Vila e esse foi o nome que veio na minha cabeça. É para remeter a algo simples e à comida de vila”, explica.

Além do dogão, a casa serve pastel de dez centímetros nos sabores carne, queijo, frango com bacon, pizza, portuguesa, carne com queijo mussarela, miniovo, banana, creme de avelã e morango e doce de leite com paçoca. Para acompanhar o salgado frito, a proprietária oferece um pote de vinagrete que dá um toque especial no sabor. O local também faz palitos de pastel recheados com creme de avelã, queijo, cheddar e doce de leite.

Pastel de dez centímetros vem com pote de vinagrete. (Foto: Kísie Ainoã)
Pastel de dez centímetros vem com pote de vinagrete. (Foto: Kísie Ainoã)

Para fechar o menu, a loja tem açaí servido na caneca de chope e porções de batata, minipastel, coxinha, bolinha de queijo ou quibe. Quem quiser conhecer, a Vila está localizada na sala 6 da galeria da Rua 15 de Novembro, 1171, Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 18h às 23h.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias