ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 26º

Lado Rural

Faturamento da silvicultura cresce 27% e destaca MS entre os maiores produtores

Entre 2013 e 2021 a área plantada com eucalipto em MS teve crescimento de 58,3%

José Roberto dos Santos | 29/09/2022 14:10
Plantação de eucalipto em propriedade rural de Ribas do Rio Pardo; município está entre os maiores produtores de floresta plantada do País. (Foto: Arquivo: Marcos Maluf)
Plantação de eucalipto em propriedade rural de Ribas do Rio Pardo; município está entre os maiores produtores de floresta plantada do País. (Foto: Arquivo: Marcos Maluf)

Entre os 10 municípios com as maiores áreas de florestas plantadas do Brasil, cinco estão em Mato Grosso do Sul, três em Minas Gerais, um no Rio Grande do Sul e um na Bahia. Quatro municípios sul-mato-grossenses ocupam as primeiras posições de área plantada no País, sendo destaques Três Lagoas e Ribas do Rio Pardo, que apresentaram as maiores áreas de florestas plantadas, com 237,3 mil hectares e 196,8 mil hectares, respectivamente.

Os números fazem parte do mais recente levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), comparando dados do setor entre 2020 e 2021, onde conclui que o valor da produção da silvicultura e da extração vegetal cresceu 27,1%.

O Brasil, que apresenta os maiores índices de produtividade de biomassa florestal com origem em áreas plantadas, destaca-se internacionalmente no mercado de papel e celulose. É neste grupo em que a silvicultura sul-mato grossense mais gerou valor em 2021, registrando R$ 1,07 bilhão com a produção de madeira em tora destinada à indústria de papel e celulose.

Este valor representa um aumento de 22,5% em relação a 2020. A ampliação da capacidade de produção de algumas plantas de processamento de celulose nos últimos anos colocou Mato Grosso do Sul em lugar de destaque entre as demais unidades da federação, ocupando o 3º lugar no ranking, com mais de 13 milhões de metros cúbicos produzidos, atrás de São Paulo e Paraná, respectivamente.

Três Lagoas ocupa a 1ª posição no ranking nacional, com a maior quantidade de madeira em tora produzida para papel e celulose com 4.729.905 m³ e a 3ª posição em valor de produção com R$ 378,1 milhões. Destacam-se também no cenário nacional os municípios de Ribas do Rio Pardo (4º) e Brasilândia (em 6º).

Eucalipto cresceu 58% em 8 anos – A área plantada de silvicultura em MS teve decréscimo de cerca de 7,9% no total, caindo de 1.138.677 ha (em 2020) para 1.048.485 ha (em 2021). Da mesma forma, a área plantada de eucaliptos também apresentou retração (-7,9%), passando de 1.135.543 ha (em 2020) para 1.045.765 ha (em 2021). Por sua vez, a área plantada de pinus no Estado caiu de 3.134 ha (em 2020) para 2.720 ha (em 2021), representando uma queda de 13,21%.

Por outro lado, se compararmos a área plantada de eucaliptos em 2013 (662.238 ha) com a área plantada em 2021 (1.048.485 ha), veremos que o aumento foi de 58,3%. Quanto à área plantada de pinus, a mesma comparação, no entanto, representou uma queda de 75,6%, com 11.150 ha (em 2013) e 2.720 ha (em 2021).

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias