ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Meio Ambiente

Após Páscoa, Hemosul convoca pessoas tipo O para doação

As doações na Capital podem ser feitas no Hemosul Coordenador, Hospital Regional e na Santa Casa

Por Gabriel de Matos | 01/04/2024 14:23
Pessoa doando bolsa de sangue no Hemosul de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)
Pessoa doando bolsa de sangue no Hemosul de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)

O Hemosul Coordenador está convocando todos os doadores de sangue a comparecerem nas unidades coletoras. O estoque está baixo em toda a rede estadual. Atualmente, o tipo O- está com apenas 29% da capacidade de atendimento.

Na Capital, além do Hemosul Coordenador, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, nº 1.304 - Centro, as doações também podem ser feitas no Hospital Regional e na Santa Casa.

A coordenadora da Rede Hemosul MS, Marina Sawada Torres, solicita o apoio dos doadores e pede encarecidamente para que façam a doação comparecendo a qualquer uma das unidades da Rede Hemosul. “Estamos com o estoque crítico para os tipos O- e O+. Nos ajudem efetuando doações de sangue”.

Para doar sangue é necessário comparecer a uma das unidades de coleta portando documento oficial com foto, ter entre 16 e 69 anos, sendo que menores entre 16 e 17 anos devem estar acompanhados pelo pai ou mãe ou responsável legal, pesar 51 kg ou mais e estar bem alimentado e hidratado para realizar a doação.

Não existe um substituto para o sangue e sua disponibilidade é essencial em diversas situações. Doar sangue é um ato de solidariedade, então, faça a sua parte. Procure o hemocentro mais próximo e doe sangue regularmente. Doar sangue salva vidas.

Gráfico com o estoque disponível por tipo de sangue (Arte: Divulgação) 
Gráfico com o estoque disponível por tipo de sangue (Arte: Divulgação)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias