ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 30º

Meio Ambiente

Área desmatada para quartel abriga várias espécies de animais, diz ambientalista

Por Edivaldo Bitencourt | 06/02/2014 15:10
Árvore que abrigava jiboias foi derrubada com desmatamento (Foto: Divulgação)
Árvore que abrigava jiboias foi derrubada com desmatamento (Foto: Divulgação)

A área do Exército, que está sendo desmatada para a construção de um novo quartel do CMO (Comando Militar do Oeste), abriga animais de várias espécies. Segundo o coordenador do Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Mato Grosso do Sul, Haroldo Borralho, o local é habitat natural de cobras, tamanduás, tatus, pássaros e gambás.

Um dos moradores da região tirou a foto de uma árvore, que acabou sendo derrubada pelo Exército, que era ninho de jibóias.

“Não só jibóias, mas várias espécies de cobras vivem no local, como coral, cascavel, entre outras”, destacou.
Ele destacou também que o espaço, que considera “pulmão” de Campo Grande, abriga várias espécies de árvores. “É uma área riquíssima do cerrado”, destacou.

O Exército está desmatando 20 dos 460 hectares para construir um quartel. A corporação destaca que a medida tem o aval do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário