ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Depósito de recicláveis se transforma em novo “lixão” e tira o sono de moradores

Eles reclamam do crescimento exagerado de resíduos, além de incêndios frequentes e fumaça no local

Por Maressa Mendonça | 03/12/2019 14:56
Entulho em chamas no dep
Entulho em chamas no dep

Um novo “lixão”. É assim que os moradores do bairro Morada do Sossego definem o depósito de reciclagem Progemix Resilix, localizado na Avenida Cônsul Assaf Trad. Segundo eles, resíduos são queimados naquele local e a fumaça invade as residências nas proximidades.

O motorista de aplicativo Valnei Filho, de 51 anos, relata que a fumaça está atingindo várias casas na região e prejudicando a saúde dos moradores. "É uma situação crítica. Uma senhora teve que mudar daqui porque não aguentava mais esse cheiro. A gente passa mal, fica com dor de cabeça. Aqui é uma área residencial", declara.

Declarações semelhantes foram dadas pela técnica em enfermagem Tânia Maria Vieira dos Santos, de 49 anos. “Só vejo caminhão entrando com lixo não sai nenhum para dizer que estão beneficiando alguma coisa”.

Para ela, quem vive na região está em situação de abandono. “Eu não posso queimar meu lixo doméstico e eles podem?”, questiona. “O cheiro fica insuportável toma conta da rua, do bairro”.

Eles afirmaram que os vizinhos se uniram e acionaram o MPE para tentar resolver a questão. Em nota, o Ministério informou que já instaurou inquérito para apurar a regularidade das atividades exercidas pela emrpesa.

Por telefone, a reportagem do Campo Grande News também tentou contato com a empresa, mas o número divulgado não funciona.

(*) Matéria atualizada 17h29min para acréscimo de informações. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário