ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Meio Ambiente

Equipe de ministério visita parque em MS que pode ser privatizado

Unidade de conservação em Bonito foi incluído em lista no mês de abril

Por Adriel Mattos | 13/07/2021 14:04
Parque Nacional da Serra da Bodoquena. (Foto: Flávio André/MTur)
Parque Nacional da Serra da Bodoquena. (Foto: Flávio André/MTur)

O MTur (Ministério do Turismo) iniciou por Mato Grosso do Sul uma série de visitas técnicas para viabilizar a concessão à iniciativa privada de parques nacionais. O Parque Nacional da Serra da Bodoquena, em Bonito, entrou na lista do governo federal em abril.

A unidade de conservação ainda não está estruturada para visitação, atividade que deverá ser entregue a uma empresa caso a privatização avance. Mesmo assim, a administração deve continuar com o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade).

“Nossos parques possuem um imenso potencial para a atração de mais turistas, e isso precisa ser trabalhado. Somos um dos primeiros do mundo nesse quesito. Estamos trabalhando para possibilitar uma melhor experiência para esse turista, que no pós-pandemia buscará estes atrativos naturais”, declarou o ministro Gilson Machado.

O parque sul-mato-grossense está incluído no PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), que recentemente colocou a Eletrobras (Centrais Elétricas S.A.) na lista de privatizações, projeto aprovado pelo Congresso Nacional.

“A concessão de unidades de conservação para a iniciativa privada proporciona a atração de investimentos para estruturação turística dos parques e desonera o poder público dos custos de manutenção, ao mesmo tempo em que preserva a possibilidade de regulação e fiscalização da conservação ambiental pelas autoridades competentes”, explicou o diretor de Ordenamento, Parcerias e Concessões, Eduardo Tati Nóbrega.

Nos siga no Google Notícias