A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

28/09/2019 22:01

Homem é multado em R$ 65 mil por desmatar área protegida de Mata Atlântica

Constatação de supressão vegetal indevida em local de preservação foi realizada ao longo de 9 dias

Humberto Marques
PMA realizou fiscalização em diferentes áreas para atestar desmate superior a 11 hectares. (Foto: PMA/Divulgação)PMA realizou fiscalização em diferentes áreas para atestar desmate superior a 11 hectares. (Foto: PMA/Divulgação)

Equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado –a 481 km de Campo Grande– autuou uma pessoa em R$ 65 mil por conta do desmatamento de mais de dez hectares em área protegida de Mata Atlântica. A constatação foi realizada ao longo de nove dias, para conferência das ilegalidades.

Em nota, a corporação informou que, entre os dias 18 e 27 de setembro, esteve diversas vezes em uma propriedade rural para levantar o desmatamento de áreas não contíguas. Por meio de comparações via GPS, verificou-se que sete áreas tiveram a vegetação nativa suprimida ilegalmente, em um total de 11,77 hectares.

A conclusão foi de que o infrator desmatou a área de Mata Atlântica há algum tempo para implantação de pastagens. A madeira não estava mais no local –sendo encontrados apenas restos. O autuado, de 44 anos, é morador de Aparecida do Taboado, e recebeu multa administrativa de R$ 64.735 e responderá por crime ambiental, que pode levar a até três anos de detenção.

O acusado também terá de apresentar um Prada (Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada) junto ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions