ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 31º

Meio Ambiente

Instituto Arara Azul lança 2ª campanha para adoção de ninhos em MS

Viviane Oliveira | 24/08/2015 08:12
A arara-azul continua na lista vermelha das espécies ameaçadas da União Internacional pela Conservação da Natureza.(Foto: divulgação)
A arara-azul continua na lista vermelha das espécies ameaçadas da União Internacional pela Conservação da Natureza.(Foto: divulgação)

O Instituto Arara azul lançou a 2ª Campanha “Adote um Ninho” para custear estudos e monitoramento de ninhos no Pantanal. Atualmente, são monitorados de 120 a 150 ninhos por ano, em 450 mil hectares, nas regiões de Aquidauana, Miranda, Rochedo, Rio Negro e Coxim. Ao todo, estão cadastrados 599 ninhos, sendo 346 naturais e 253 artificiais. O projeto existe há 25 anos.

Em dezembro do ano passado, o Ministério do Meio Ambiente retirou a ave da lista da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, porém a arara-azul continua no grupo vermelho das espécies ameaçadas da União Internacional pela Conservação da Natureza.

De acordo com a presidente do Instituto, Neiva Guedes, o apadrinhamento vai proporcionar a manutenção da biodiversidade do Pantanal, tanto às araras-azuis como várias outras espécies de aves que ocupam as mesmas cavidades.

O período de reprodução das araras-azuis começa no segundo semestre de cada ano e se estende até março do ano seguinte. No ciclo passado, em Miranda, distante 201 quilômetros de Campo Grande, 65% dos 52 filhotes que nasceram, sobreviveram até o último monitoramento, 4% foram predados, 4% encontrados mortos dentro do ninho e 26% desapareceram sem vestígios.

Padrinho - Durante o período reprodutivo da espécie, o padrinho acompanhará as novidades do ninho e outras informações relativas ao projeto, optando por batizar sua ave ao nascimento. Ele também receberá um kit de boas-vindas com foto exclusiva do ninho e sua divulgação no marketing da Campanha.

No ano passado, 45 ninhos foram apadrinhados por empresas, pessoas físicas e famosos como Ziraldo, Michel Teló, Almir Sater e Gabriel Sater, Carlos Saldanha, Chitãozinho e Cororó, Munhoz e Mariano e Luan Santana. Quem quiser aderir a segunda edição da campanha clique aqui.

Nos siga no Google Notícias