A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

15/09/2017 08:30

Número de queimadas dobra e setembro é o 2º mês com mais ocorrências em 2017

Ricardo Campos Jr.
Bombeiros combatem foco de incêndio em vegetação em Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)Bombeiros combatem foco de incêndio em vegetação em Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)

O número de queimadas dobrou durante a última semana em Mato Grosso do Sul, elevando para 1.237 o número de ocorrências em setembro. Com isso, segundo dados contabilizados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o mês tornou-se o segundo com maior quantidade de ocorrências em 2017.

Até então a posição era ocupada por julho, que teve 1.050 focos de incêndio em vegetação. Essa quantia é considerada atípica no período e foi favorecida pelo tempo mais quente e seco que o normal.

Já em agosto a situação se inverteu. O oitavo mês do ano abre a temporada crítica, mas as chuvas frearam o avanço das estatísticas, fazendo com o que o período tivesse números abaixo da média, apesar de reunir a maior quantidade de focos até o momento no ano.

Nos dados acumulados, Mato Grosso do Sul teve 4.780 queimadas entre os dias 1° de janeiro e 14 de setembro, o maior valor dos últimos cinco anos para esse período, conforme o Inpe.

O estado mantem-se em oitavo lugar no ranking nacional de incêndios em vegetação, atrás do Pará (30.433), Mato Grosso (23.620), Maranhão (14.450), Tocantins (12.889), Amazonas (10.659), Rondônia (8.223) e Minas Gerais (5.911).

Corumbá, localizado a 419 quilômetros de Campo Grande em terras pantaneiras, concentra mais da metade dos incêndios em mata registrados em Mato Grosso do Sul. Segundo o Inpe, o município teve 2.545 ocorrências entre os dias 1° de janeiro e 14 de setembro.

A Cidade Branca é a quarta no Brasil com maior quantidade de queimadas, perdendo apenas para Porto Velho (3.030), Altamira (4.606) e São Félix do Xingu (6.971), estas duas últimas localizadas no estado do Pará.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions