ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Onças chegam filhotes no Cras sem a certeza se vão voltar a viver livres

Algumas, pelo fato de serem mansas, vão ter de seguir sob os cuidados humanos pelo resto da vida

Por Marcos Rivany | 23/09/2020 07:42
No Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Campo Grande, vivem 7 onças pardas (Foto: Paulo Francis)
No Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Campo Grande, vivem 7 onças pardas (Foto: Paulo Francis)

No Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Campo Grande, vivem 7 onças pardas. A mais caçula de tempo de vivência no recinto é uma onça macho que está no local há cerca de 1 ano.

Algumas da espécie daqui a um tempo poderão “progredir de regime” e ir para um local parceiro, onde a reabilitação será mais ampla, principalmente na questão de espaço e mais para frente serem soltas. Outras, pelo fato de serem mansas vão ter de seguir sob os cuidados humanos pelo resto da vida.

Cada umas das hóspedes felinas do Cras tem uma jeito de agir diferente, uma delas faz valer o status de feroz. Chegam a escolher de quem elas "não gostam". Um outro filhote age como gato doméstico que dá até vontade de levar pra casa, ele é um dos que não poderão voltar a natureza.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário