ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Meio Ambiente

Vítima de atropelamento, tamanduá-bandeira se recupera no Cras

O animal foi socorrido perto do aeroporto de Campo Grande

Por Marcos Rivany | 21/09/2020 15:45

Vítima da principal causa de ocorrência com animais silvestres mamíferos, um tamanduá-bandeira se recupera depois de ser atropelado. O animal foi socorrido perto do aeroporto de Campo Grande há cerca de 3 semanas e levado para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres.

Esse tamanduá-bandeira, animal que está na lista de animais de extinção, é atendido por veterinários e outro profissionais para que em breve volte à natureza. A previsão é de 1 a 2 semanas para ele estar em "casa".

Animais silvestres são ariscos, alguns deles perigosos quando se sentem atacados. O tamanduá é um deles. Com as fortes garras, quem se envolver em um confusão com o animal vai sair na pior, segundo biólogo do Cras, Alysson Faveiro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário