ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Meio Ambiente

Pássaros e peixes são resilientes em meio ao cenário urbano do Prosa

Aumento de diferentes espécies estão favorecendo o ciclo de vida de outros animais

Por Kamila Alcântara | 14/04/2024 12:49
Socó-dorminhoco aguarda pacientemente pela presa no Córrego Prosa, colorido pelas flores de paineiras (Foto: Paulo Francis)
Socó-dorminhoco aguarda pacientemente pela presa no Córrego Prosa, colorido pelas flores de paineiras (Foto: Paulo Francis)

Observar a natureza é algo tão essencial para Marcos Barbosa que motivou sua formação profissional. Foi em uma dessas observações que o professor universitário de Medicina Veterinária observou algo que o impactou e vem movimentando suas conversas com os colegas de profissão: a resiliência da fauna em meio ao ambiente urbano de Campo Grande.

E o ponto central das suas observações são os ninhais de peixes no Córrego Prosa, mais especificamente na Avenida Ricardo Brandão, entre as pontes da Ruas Bahia e Joaquim Murtinho. O aumento de diferentes espécies aquáticas ali estão favorecendo o ciclo de vida de outros animais, gerando todo um ecossistema que tradicionalmente não resistiriam aos “sedimentos urbanos” que caem no rio.

“Conseguimos observar, de cima das barrancas, cascudos e tilápias, além de tartarugas. Isso favorece a alimentação das garças, socós e martins-pescadores. Eles revelam que, apesar de serem córregos urbanos, sujeitos às sujeiras da cidade, existe vida neles e  os peixes, são alimentos para as aves e tartarugas”, explica o professor universitário.

Pássaro socó atento a qualquer movimento de peixes no Córrego Prosa, na avenida Ricardo Brandão (Foto: Paulo Francis)
Pássaro socó atento a qualquer movimento de peixes no Córrego Prosa, na avenida Ricardo Brandão (Foto: Paulo Francis)

A equipe do Campo Grande News conheceu Marcos em uma tarde de quarta-feira, enquanto ele percorria a pé da universidade que dá aula, na Rua Ceará, até a sua casa na Vila Bandeirantes. Foi ali que o pesquisador apresentou esse universo animal urbano, que foi conferir com os próprios olhos após conversas com outros estudiosos.

Professor universitário Marcos Barbosa no percurso do Prosa (Foto: Juliano Almeida)
Professor universitário Marcos Barbosa no percurso do Prosa (Foto: Juliano Almeida)

“Decidi fazer a caminhada para apreciar a natureza e ver essas espécies de pássaros pescadores. Observe o rio, ele possui pequenos barrancos e apresenta algumas folhas. Significa que a água possui oxigênio para os peixes. É interessante porque os rios urbanos, mesmo quando não jogamos lixo, a chuva traz o que está nas ruas para ele e acaba poluindo”, explicou na oportunidade.

Por fim, Marcos diz que só de sabermos a existência desses animais e que ali vivem já é o começo na conscientização para preservação. “Saber que existem é o primeiro passo para nos atentarmos a monitorar a qualidade das águas e identificar suas características. Monitorar os peixes e as aves, sem incomodar, é claro. Para termos ideias sobre sua inter-relação e preservação”, concluiu.

Peixes são avistados nas águas do Córrego Prosa, entre as Ruas Joaquim Murtinho e Bahia (Foto: Paulo Francis)
Peixes são avistados nas águas do Córrego Prosa, entre as Ruas Joaquim Murtinho e Bahia (Foto: Paulo Francis)

Campo Grande tem 33 córregos identificados e nomeados dentro do perímetro urbano. Entre eles os mais conhecidos: Prosa e Segredo. Porém, além deles, existem o Imbirussu, Bandeira, Anhanduí, Bálsamo, Guariroba, Ceroula, Lageado, entre outros.

Como já publicado pelo Campo Grande News, o monitoramento feito pelo Programa Córrego Limpo observou que 1% dos córregos obtiveram a qualidade da água superficial classificada como “boa”. Em 2023, foram realizadas 6.600 vistorias pelas equipes dos programas e 1.195 notificações emitidas pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbano).

Ave pescadora procura presa no Córrego Prosa, na área urbana de Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Ave pescadora procura presa no Córrego Prosa, na área urbana de Campo Grande (Foto: Paulo Francis)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias