A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

27/08/2019 13:13

Pingos se espalham pela cidade e torcida é por chuva “de verdade”

Chuvisco foi registrado no Parque dos Poderes e no centro da cidade, depois de bairros mais afastados

Marta Ferreira e Clayton Neves
Ramão afirmou que canto do sabiá avisou que vinha chuva. (Foto: Clayton Neves)Ramão afirmou que canto do sabiá avisou que vinha chuva. (Foto: Clayton Neves)

Na noite de segunda-feira (26), foi o vento com “cheiro de chuva”. Nesta manhã, pingos de água foram vistos em bairros mais afastados do Centro, como as Moreninhas, na saída para São Paulo, e a Coophavila, na saída para Sidrolândia. Agora, o chuvisco chegou ao Parque dos Poderes e à região central de Campo Grande. É bem verdade que ainda não é a esperada chuva para aliviar 44 dias de estiagem, mas já dá esperança a quem sofre com o tempo seco e suas consequências.

“Graças a Deus, é uma benção”, comemorou a gente de loja Sumara Vieira, 37 anos. “A gente não conseguia respirar”, comentou, lembrando que o filho é alérgico e tem sofrido bastante. “A gente sentiu muito a falta da umidade”, relatou. De acordo com ela, por causa do tempo seco, as queimadas aumentaram bastante e a situação piorou ainda mais no bairro onde ela mora, o Estrela do Sul.

“Por enquanto tá só garoa, tomara que chova mesmo”, torce a moradora, que estava na Rua Marechal Rondon, saindo de uma agência bancária.

Natureza avisou – O comerciante Ramão Medina é que outro que dá boas vindas à chuva. Ele conta que “já previa” e para isso usa a sabedoria popular. Disse ter ouvido ontem o canto de um sabiá e comentado com a esposa que choveria. “Bem melhor pra respirar”, agradeceu.

“Tem que chover mesmo, chuva é bom pra respirar, porque nestes últimos tempos tá muito seco”, afirmou.

Na mesma região, Sebastiana Nunes da Silva, 55 anos, também celebrou os pingos, pediu mais, mas fez um alerta. “Que Deus abençoe que chova mais, mas que seja chuva calma”. Segundo ela, a sogra, de 79 anos, sentiu muito o tempo seco. 

Os três entrevistados estavam na região central da cidade. Na rua da Paz, nas imediações da sede do Campo Grande News, no Jardim dos Estados, também garoou.

Se a meteorologia acertar, vai continuar assim o dia todo, com chuviscos em áreas isoladas.

Está nublado desde cedo na cidade, com previsão de tempo parcialmente fechado para o dia todo. A névoa seca continua e o calor também embora tenha havido um leve declínio. No começo de tarde, por exemplo, faz 28 graus. A umidade relativa do ar, que estava em níveis críticos, está próxima dos 40%, ainda abaixo do ideal, que é de mais de 60%, mas bem acima dos índices em torno dos 20% e até abaixo disso que vinham sendo registradas.

Interior - Também foi registrada precipitação em Bela Vista (00,4 mm), Corumbá (00,2 mm), Dourados (00,4mm), Jardim (00,2 mm), Maracaju (00,8 mm) e Ponta Porã (02,4 mm).

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) afirma que nesta terça-feira (27) e na quarta-feira (28), áreas de instabilidades atuam no oeste e sul de MS levando chuva para as regiões de

Aquidauana, Anastácio, Aquidauana, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Dourados, Ponta Porã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caracol, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Nioaque.

No norte, nordeste e leste (nas regiões de Alcinópolis, Camapuã, Coxim, Sonora, São Gabriel do Oeste, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica e Paraíso das Águas) a massa de ar seca atua com baixos índices de umidade relativa do ar. As temperaturas estarão estáveis.

Chuva está bem devagar, mas já melhorou qualidade do ar. (Foto: Fernanda Palheta)Chuva está bem devagar, mas já melhorou qualidade do ar. (Foto: Fernanda Palheta)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions