A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

15/07/2018 09:58

PMA bate recorde com apreensão de 1.511 toras de madeira ilegal no interior

Infrator foi multado em R$ 564 mil e vai responder por crime ambiental. Material equivale a 60 carretas.

Anahi Gurgel
Policial realiza medição de material apreendido na sexta-feira. Foram 4 dias para finalizar o trabalho. (Foto: Divulgação/PMA)Policial realiza medição de material apreendido na sexta-feira. Foram 4 dias para finalizar o trabalho. (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) realizou, no dia 13 de julho, a maior apreensão de madeira ilegal de toda a sua história: equivalente a 60 carretas. O flagrante ocorreu durante fiscalização no município de Anastácio, a 135 quilômetros de Campo Grande, quando foram encontradas toras de madeira sem autorização, gerando multa de R$ 564 mil ao infrator.

Todo o material estava armazenado em uma propriedade rural, e mediu 1.880,23 m³. Foram identificadas espécies como faveiro, angico, ipê, sucupira e jatobá, distribuídas em vários montes.

A medição da apreensão foi concluída somente após quatro dias de intenso trabalho das equipes, dada a quantidade encontrada.

“Chamou a atenção a enorme grande quantidade de madeira de grande porte, cujas árvores derrubadas levariam centenas de anos para atingir aquela estrutura”, informou a PMA.

A madeira não possuía o DOF (Documento de Origem Florestal), que é a autorização legal para se ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal.

O infrator residente em Campo Grande. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 564.029, além de responder por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

Abaixo, confira as imagens da apreensão, registradas pelas equipes da PMA de Aquidauana.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions