ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  15    CAMPO GRANDE 19º

Meio Ambiente

Recapturada onça-pintada que fugiu por duas vezes do Cras

Por Aline dos Santos | 12/02/2011 15:00
A onça-pintada que fugiu duas vezes do Cras foi recapturada na manhã deste sábado.
A onça-pintada que fugiu duas vezes do Cras foi recapturada na manhã deste sábado.

A onça-pintada que fugiu duas vezes do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) foi recapturada na manhã deste sábado. A primeira fuga foi no dia 29 de outubro. Dois meses depois, o felino foi recapturado, mas fugiu pela segunda vez no dia 30 de dezembro.

O animal foi capturado por uma das nove armadilhas colocadas no Parque dos Poderes, próximo à nascente do Córrego Prosa, nas imediações do Cras. Técnicos utilizaram frangos dentro das jaulas para atrair o felino, que conseguiu, por diversas vezes, comer a isca sem que fosse pego.

Para transportar a onça até o Cras, a equipe de veterinários precisou sedar o animal. Segundo os profissionais, o felino está em boas condições físicas, pesando 80 quilos.

“A onça deve ter se alimentado de quatis, cotias e alguns outros animais. Ela está em perfeito estado”, afirmou o coordenador do Cras, o biólogo Élson Borges, ao site de notícias do governo.

A onça-pintada está em uma jaula segura, a mesma em que um leão foi mantido temporariamente após ser retirado de um circo por maus tratos em 2009. O animal deve ser transferido ainda para outra jaula que, por precaução, está recebendo medidas de segurança reforçadas, como grades de aço galvanizado mais resistentes.

O felino ficará de quarentena para que os veterinários possam avaliar sua saúde precisamente. O futuro da onça fujona deve ser decidido nas próximas semanas junto a direção da Semac (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia).

A onça-pintada foi trazida ao Cras, em Campo Grande, quando tinha dois meses de idade. Ela foi capturada em uma fazenda em Água Clara.