ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 39º

Meio Ambiente

Rio Brilhante tem menor temperatura do ano, 2,2 graus negativos

Pela segunda madrugada seguida, região de Dourados foi castigada por geada forte

Por Helio de Freitas, de Dourados | 30/07/2021 07:08
Vegetação seca pela estiagem coberta de gelo hoje em Rio Brilhante (Foto: Diego Batistoti/RB Notícias)
Vegetação seca pela estiagem coberta de gelo hoje em Rio Brilhante (Foto: Diego Batistoti/RB Notícias)

Foi só por um décimo, mas o 30 de julho é oficialmente o dia mais frio de 2021, em Rio Brilhante, cidade a 163 km de Campo Grande e que neste ano, se tornou a capital do fria em Mato Grosso do Sul.

A estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste registrou 2,2 graus negativos às 4h40 da madrugada na cidade de 38 mil habitantes, que tem o apelido de “Pequena Cativante”.

A temperatura de hoje é 1 décimo menor que a registrada há exatamente um mês atrás, no dia 30 de junho, quando a mínima foi de 2,1 negativos. Nos arredores da cidade, a geada cobriu a vegetação seca pela estiagem.

Em Dourados, a 233 km de Campo Grande, o Guia Clima da Embrapa registrou outra madrugada fria, mas sem superar a menor temperatura de ontem (0,2 grau positivo).

A mínima desta sexta-feira foi de 0,5ºC às 5h54. Assim como em Rio Brilhante, teve formação de geada de intensidade forte. Nos parques urbanos, a grama seca ficou coberta de gelo.

Ivinhema (a 282 km da Capital) também teve geada forte nesta manhã. A temperatura mínima verificada pela estação da Embrapa foi de 2,2 graus positivos à 1h32. Ontem, a cidade teve o maior frio do ano, com 0,5 grau.

Assim como Dourados, Ivinhema está há quase 50 dias sem chuvas expressivas. Ontem, a umidade relativa do ar chegou a 26% no período da tarde.

Grama do Parque Antenor Martins coberta de gelo em Dourados (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)
Grama do Parque Antenor Martins coberta de gelo em Dourados (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário