A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

08/09/2018 19:20

Sem chuvas, Inmet prevê umidade abaixo de 15% e calorão de até 40ºC

Adriano Fernandes
Clima deve prevalecer com céu claro a parcialmente nublado e com névoa seca. (Foto: Kísie Ainoã)
Clima deve prevalecer com céu claro a parcialmente nublado e com névoa seca. (Foto: Kísie Ainoã)

Sem chuvas e com previsão de temperatura máxima de até 40°C o período entre domingo (09) até a próxima quarta-feira (12), dever ser de calorão e até umidade abaixo de 15%, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meterologia). O recomendado pela (Organização Mundial da Saúde) é de 60%.

O panorama é reflexo de um amplo sistema de alta pressão que predomina sobre o Estado e que deve manter os próximos dias claros a parcialmente nublado e com névoa seca. O ar seco também dificulta a formação de nuvens e são esperadas quedas bruscas temperatura durante a noite.

Amanhã em Campo Grande a temperatura máxima deve ser de 33ºC, segundo o Inmet. Na região centro norte do Estado a previsão é de máxima em 38ºC e na região leste 37ºC. Também deve fazer 36ºC no Pantanal e 34ºC na região sul. Mesmo no Pantanal a umidade estará próxima de 20% em grande área no período.

Ainda conforme o Inmet a temperatura deve ir se elevando nos próximos dias até atingir pico de 40ºC em boa parte de MS na quarta-feira (12). 

Clima seco

O instituto também alerta sobre os possíveis prejuízos do clima a saúde dos sul mato-grossenses. O tempo seco agrava problemas respiratórios, pois diminui a resistência da membrana nasal. Também diminui a deposição úmida das partículas em suspensão na atmosfera.

O que na prática, significa que inalamos mais materiais particulados e poluentes e ficamos com menor resistência contra os vírus e bactérias. Outro problema do tempo seco e quente são as queimadas, que ocorrem com mais facilidade devido a secura da vegetação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions