A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

21/11/2015 14:45

Bumlai deve depor nesta terça-feira na CPI do BNDES em Brasília

Antonio Marques
O pecuarista José Carlos Bumlai deve ser ouvido nesta terça-feira pela CPI do BNDES, na Câmara dos Deputados (Foto: Reprodução/Facebook)O pecuarista José Carlos Bumlai deve ser ouvido nesta terça-feira pela CPI do BNDES, na Câmara dos Deputados (Foto: Reprodução/Facebook)

O pecuarista e empresário sul-mato-grossense José Carlos Bumlai deve prestar depoimento à CPI do BNDES na Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira, 24. Os membros da Comissão querem que ele explique as suspeitas de tráfico de influência e irregularidades na obtenção de empréstimo do banco de fomento.

Amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele foi citado por delatores da Operação Lava Jato como tendo intermediado reuniões de Lula com empresários.

A convocação de Bumlai, aprovada pela CPI no último dia 12, foi proposta por cinco deputados, entre eles Arnaldo Jordy (PPS-PA). Em seu requerimento, ele cita notícia veiculada pela imprensa sobre um empréstimo supostamente irregular feito pelo BNDES a Bumlai para a construção da Usina São Fernando, em Dourados. Essa usina estaria próxima da falência. A dívida de Bumlai com os bancos seria de R$ 1,2 bilhão, dos quais R$ 300 milhões seriam do BNDES e R$ 81 milhões do Banco do Brasil.

Na semana passada, o deputado Carlos Zarattini (PT-SP) apresentou questão de ordem para que a votação de requerimento que convocava o empresário fosse anulada. Segundo ele, os requerimentos foram aprovados depois que a Ordem do Dia do Plenário já tinha começado. O Regimento Interno da Câmara proíbe votações depois de iniciada a Ordem do Dia.

Porém, o presidente da CPI, deputado Marcos Rotta (PMDB-AM), manteve a convocação, justificando que a inclusão do requerimento de Arnaldo Jordy na pauta foi feita com a concordância do Plenário da comissão. “Em função da aprovação, todos os requerimentos relacionados ao mesmo assunto foram aprovados”, disse.

Além de Jordy, também pediram a convocação de Bumlai os deputados Augusto Coutinho (SD-PE), João Gualberto (PSDB-BA), Miguel Haddad (PSDB-SP) e Sergio Vidigal (PDT-ES).

A reunião está marcada para as 14h30, em local a ser definido na ala das comissões na Câmara dos Deputados. O Campo Grande News não conseguiu contato com José Carlos Bumlai para comentar o assunto.

CPI vai analisar contratos do BNDES com usina de Bumlai em MS
Os contratos assinados entre a usina São Fernando, do empresário José Carlos Bumlai em Dourados - distante 233 km de Campo Grande, com o BNDES (Banco...
Planalto vai retirar cargos de cerca de 40 deputados que votaram contra Temer
O presidente Michel Temer deve começar a punir nas próximas semanas cerca de 40 deputados da base aliada que votaram a favor da denúncia apresentada ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions