A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

03/04/2018 11:44

“Falta de respeito”, diz Corrêa sobre destituição de Londres no PR

Deputado tinha convite do governador Reinaldo Azambuja e se filia hoje ao PSDB

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Paulo Corrêa reclama de imposição da direção nacional do PR. (Foto: Arquivo)Paulo Corrêa reclama de imposição da direção nacional do PR. (Foto: Arquivo)

O deputado estadual Paulo Corrêa, que formaliza a troca do PR pelo PSDB nesta terça-feira (dia 3), afirma que deixa o Partido da República em solidariedade a Londres Machado e classifica de desrespeito a postura do PR nacional.

“Acho uma falta de respeito a direção nacional do PR, usando da sua força, querer forçar a mudança na direção do partido. Foi uma imposição de cima para baixo. Entendo que o Londres e os demais integrantes tenham feito muito pela legenda. A nacional destituiu meu presidente”, afirma Corrêa, em entrevista na Assembleia Legislativa. 

Ele relata que tinha convite do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e se filia hoje ao novo partido. Além de Corrêa, a deputada estadual Grazielle Machado, filha de Londres, deixou o PR. Ela deve ingressar no PSD.

A reportagem apurou que a reviravolta no PR foi provocada pela intervenção de Edson Giroto, que faz parte do quadro da sigla e já foi deputado federal.

Na contramão dos planos do PR em Mato Grosso do Sul, que negociava coligação com Azambuja, a direção nacional impôs a pré-candidatura de Giroto a deputado federal, encampando o projeto eleitoral do ex-governador André Puccinelli (MDB).

Ao Campo Grande News, Londres Machado, que deixou o comando do PR e está de saída do partido, disse que mantém para o seu grupo o capital político de oito prefeitos, 54 vereadores e ex-prefeitos. “Vai a sigla, mas a estrutura fica com a gente”, afirma.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions