ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 21º

Política

“Não vou participar do jogo me engana que eu gosto”, afirma Bernal

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos | 10/12/2013 10:20
Prefeito, durante evento na Polícia Federal, não aceitou ser notificado e vai à Justiça para não depor (Foto: Marcos Ermínio)
Prefeito, durante evento na Polícia Federal, não aceitou ser notificado e vai à Justiça para não depor (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), sinalizou, na manhã desta terça-feira (10), que não vai prestar depoimento na Comissão Processante, previsto para amanhã (11). Ao chegar à Polícia Federal para participar da entrega de viaturas para a Guarda Municipal, ele disse que irá recorrer à Justiça.

“Não vou participar do jogo me engana que eu gosto”, afirmou o chefe do Executivo, que não aceitou, ontem à tarde, ser notificado pela Câmara Municipal para prestar depoimento

"Se for para expor o prefeito de Campo Grande numa cena de teatro, por ironia, eu não vou", destacou o chefe do Executivo. No entanto, destacou que há a possibilidade de ir e prestar as informações.

A Comissão Processante retomou os trabalhos e marcou o depoimento do prefeito após sentença do juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos, Nélio Stábile, considerar válida a investigação contra Bernal. O processo pode levar à cassação do mandato do chefe do Executivo.

Com a decisão de Stábile, as liminares do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, que cessavam o trabalho da Comissão Processante, caíram e a Câmara pode manter a investigação contra Bernal.

“Vou fazer o que uma pessoa correta faz, recorrer à Justiça”, afirmou o prefeito. Na segunda-feira, ao ser notificado para depor amanhã, Bernal reagiu: “Me deixem em paz”.

Nos siga no Google Notícias