A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/01/2013 13:05

À espera de respostas, Bernal segue com 12 cargos vagos no 1º escalão

Aline dos Santos e Luciana Brazil
Ontem, Bernal fez reunião com parte do secretariado. (Foto: Luciano Muta)Ontem, Bernal fez reunião com parte do secretariado. (Foto: Luciano Muta)

O segundo dia da administração do novo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), segue com vários cargos vagos no primeiro escalão. Dos 22 postos que formam a principal estrutura administrativa do município, 13 estão sem titular, conforme mostra o Diário Oficial do município desta quinta-feira.

Na lista, estão cargos chave, como procurador-geral, responsável por todo setor jurídico da prefeitura, secretários de Meio Ambiente e Governo. No caso da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), a pasta era responsável pela gestão dos resíduos sólidos, o que inclui o controle da desativação do lixão e funcionamento do aterro sanitário.

O secretariado foi anunciado, em exatos seis minutos, na tarde de 31 de dezembro. Na ocasião, foram definidos os responsáveis pela Semed (Secretaria Municipal de Educação), Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Secretaria de Receita, Seplanfic (Secretaria de Planejamento, Finanças e Controle), Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) e Funsat (Fundação Social do Trabalho).

Bernal também definiu no último dia de 2012 o titular da secretaria de Comunicação. A Agetran, responsável pelo trânsito de Campo Grande, foi acumulada por Semy Ferraz, que comanda a Seintrha. Ele também foi anunciado como diretor do IMTI (Instituto Municipal de Tecnologia de Informação), mas a nomeação ainda não foi formalizada. Ontem, no primeiro dia útil como prefeito, a pasta de Administração foi assumida por Ricardo Ballock.

Também seguem vagos os posto de chefe de gabinete; secretário municipal de Políticas e Ações Sociais e a Cidadania; secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio; diretor-presidente da Emha (Agência Municipal de Habitação); diretor-presidente da Agência Municipal de Prestação de Serviços à Saúde; diretor-presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados; diretor-presidente da Fundac (Fundação Municipal de Cultura); diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal do Esporte); diretor-presidente do Instituto Municipal de Previdência e diretor do IMTI.

Conforme a assessoria de Alcides Bernal, a demora é porque houve ruptura de mandato e o novo prefeito aguarda respostas para indicar os nomes. A maioria do secretariado é formada por filiados ao PP. Também foram contemplados PSDB, PT e PPS, que apoiaram Bernal no segundo turno.



Acho que ele só vai anunciar em 31/12/2013.
 
antonio galvao em 03/01/2013 15:54:10
so queremos que na administraçao do par que soter seja alguen que esteja em sintonia com a comunidade que frequenta o par que soter...
esperamos bernal..
 
carlos alberto alves barbosa da rocha em 03/01/2013 15:48:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions