A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/01/2013 11:10

Bernal vai baixar decreto para redução de gastos na Prefeitura

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Ben  Hur ao lado do prefeito Alcides Bernal. (Foto: Luciano Muta)Ben Hur ao lado do prefeito Alcides Bernal. (Foto: Luciano Muta)

O secretário de Planejamento, Finanças e Controle de Campo Grande, Wanderley Ben Hur da Silva, anunciou nesta quinta-feira (3) que o prefeito Alcides Bernal (PP) vai baixar um decreto até amanhã (4) para redução de gastos na prefeitura.

Segundo o secretário, o decreto é em virtude da perda da receita este ano. De acordo com ele, uma analise da média história de custos está sendo feito e o índice vai ser repassado aos secretários para a diminuição de gastos. “Ainda não tem uma porcentagem definida para redução, mas vai atingir todas as secretarias”, destacou Ben Hur.

Entre os gastos sendo analisados constam: despesas como água, telefone, passagem aérea, diária e combustível.

Conforme Ben Hur, a dívida ativa do município é de um R$ 1 bilhão e que o momento agora é discutir com o secretário de receita um plano de crédito para a prefeitura superar e equilibrar esse débito.

O secretário informou também que Bernal deve reaproveitar funcionários da prefeitura que foram exonerados, porém ressaltou que as contratações serão “enxugadas”.

Em novembro do ano passado, o ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) publicou decreto para o corte de gastos. Na ocasião afirmou que era para seu governo “chegar vivo” até o final do ano. 

Ele se referiu ao encerramento de seu segundo mandato e a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que prevê medidas severas contra gestores que não entregarem as prefeituras com as contas “no azul”.

Quando entregou a administração, Nelsinho anunciou que ficaram no caixa R$ 243 milhões em caixa. 

 

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Não cortando a remuneração dos servidores, é pois quando os gestores pensam em conter gastos só lembram de cortar salários. Só que esquecem que os servidores não é custo, é investimento e são os maiores patrimonios do município. E aproveitam e verifiquem a tabela dos vencimentos, principalmente da referencia 1 até 13, que são verdadeiras miserias ... . O novo prefeito vai ter muito trabalho mesmo, diminui + da metade dos comissionados e valoriza os efetivos que vai dar resultados positivos, fazer mais com menos é a solução!!!
 
Pedro Malazarte em 03/01/2013 23:31:00
Vão cortar nosso cafezinho....
 
MARCO COSTA em 03/01/2013 14:30:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions