A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/09/2011 15:35

Aftosa no Paraguai centraliza debates na Assembleia Legislativa

Fabiano Arruda
Deputada Mara Caseiro ocupou tribuna e pediu empenho do governo no combate à aftosa. (Foto: Divulgação)Deputada Mara Caseiro ocupou tribuna e pediu empenho do governo no combate à aftosa. (Foto: Divulgação)

O foco de aftosa registrado no Paraguai dominou os discursos na sessão desta terça-feira na Assembleia Legislativa.

Em comum, os deputados defenderam que o Governo do Estado apoie o País vizinho no combate à doença.

A deputada Mara Caseiro (PTdoB) lembrou da época em que foi prefeita de Eldorado, no ano de 2005, justamente no foco que atingiu e provocou desequilíbrio à economia do município.

“O nosso governo precisa se unir ao governo paraguaio, porque são apenas 130 quilômetros de distância entre o foco e o nosso Estado, então é preciso muito cuidado, mobilização da nossa bancada federal e apoio do Ministério da Agricultura, para que se faça um anteparo na nossa fronteira”, comentou, admitindo que a administração estadual e o Exército agiram com muita rapidez para conter a disseminação da doença.

Vice-líder do governo na Casa, o deputado Marcio Fernandes (PTdoB) defendeu a atual gestão e afirmou que “nenhuma outra administração investiu tanto em sanidade animal”.

Integrante da bancada ruralista, deputado Zé Teixeira (DEM) chamou atenção para que o Estado não cometa erros sob pena de ser penalizado.

Já o deputado Marcio Monteiro (PSDB) ressaltou a responsabilidade dos produtores e transportadores de gado nesta questão, afirmando que qualquer um que “tiver a audácia” de colocar em risco a sanidade do Estado, precisa ser “severamente punido”.

Na manhã desta terça, o governador André Puccinelli (PMDB) disse R$ 16 milhões que o Ministério da Agricultura libera ao governo do Estado para sanidade animal estão “travados”.

“A aftosa não é um problema só do Paraguai. Caso seja possível e necessário, tanto a força pessoal quanto a material do Estado, vão estar disponíveis para a vacinação do gado paraguaio”, garantiu. (Com informações da assessoria)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions