A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

03/08/2017 12:23

Agentes de saúde protestam na Assembleia por pagamento de R$ 2,3 milhões

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Agentes de saúde estiveram nesta manhã na Assembleia para protestar (Foto: Leonardo Rocha)Agentes de saúde estiveram nesta manhã na Assembleia para protestar (Foto: Leonardo Rocha)

Agentes de saúde protestaram hoje (dia 3) na Assembleia Legislativa para cobrar repasse de R$ 2,3 milhões pelo governo do Estado.

De acordo com o presidente do Sisem (Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais de Campo Grande), Marcos Tabosa, os agentes comunitários de saúde, de combate de endemias e saúde pública têm direito a beneficio mensal, previsto em lei, de R$ 137 pago pela administração estadual.

Com os valores em atraso há 13 meses para os agentes de saúde pública e de combate de endemias e há seis meses para os agentes comunitários, a categoria foi à Casa de Leis em 13 de junho. O resultado foi acordo com a Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) para pagamento de duas parcelas por mês.

Contudo, conforme Tabosa, o acordo foi descumprido. Nesta quinta-feira, 130 profissionais foram à Assembleia Legislativa, representando os 2.400 agentes.

De acordo com o vice-líder do governo, deputado estadual Beto Pereira (PSDB), a Sefaz informou que as duas parcelas, referente ao mês de março e abril, como havia sido acordado com as categorias, foram depositadas ontem (02).

Segundo o titular da SAD (Secretaria de Administração e Desburocratização), Carlos Alberto Assis, houve atrasos no pagamento para municípios com divergência de documentação. “Desde que esteja com a documentação em dia, tem autorização para pagamento. Mas o prefeito anterior não terminou de fazer o convênio”, diz.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions