A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/03/2016 19:42

Agora tucano, Geraldo Resende garante pré-candidatura em Dourados

Deputado federal se filiou ao PSDB e assume que quer concorrer à prefeitura douradense, após acordo com o outro pré-candidato tucano, Marçal Filho

Nyelder Rodrigues e Thiago de Souza
Geraldo Resende cumprimento o governador Reinaldo Azambuja durante filiação ao PSDB (Foto: Alan Nantes)Geraldo Resende cumprimento o governador Reinaldo Azambuja durante filiação ao PSDB (Foto: Alan Nantes)

O deputado federal Geraldo Resende assinou nessa noite de quinta-feira (17) seu ato de filiação ao PSDB. O evento aconteceu no diretório estadual tucano, no Jardim dos Estados, em Campo Grande. Com a filiação, o deputado garante sua pré-candidatura à prefeitura de Dourados, seu berço eleitoral.

Geraldo foi eleito em 2014 pelo PMDB e aproveitou a janela partidária para mudar de legenda. "Hoje o PMDB é página virada na minha vida e vou iniciar uma nova história no PSDB. Sai do PMDB porque a posição deles sobre o governo Dilma é dúbia e não era definida", comenta o deputado, que faz parte da ala oposicionista da Câmara.

Ainda segundo Resende, o projeto dele a partir de agora é a corrida pela prefeitura de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande. "Minha proposta é que o Marçal Filho, que também se lançou como pré-candidato em Dourados, seja candidato à deputado federal em 2018 e me substitua em Brasília (DF)", explicou.

"Quero que o Marçal possa atuar em favor de Dourados em Brasília, buscando recursos e auxiliando a prefeitura", diz
Geraldo Resende sobre a conjuntura que prevê para a segunda maior cidade do Estado. Sobre o passado, ele falou que deixou grandes amigos no PMDB, como o senador Waldemir Moka e o ex-governador André Puccinelli.

Bancada em Dourados - O chefe da Casa Civil do Estado, Sérgio de Paula, participou do evento de filiação e reafirmou esse novo arranjo em Dourados. "Já conversamos com o Marçal e há um grande entendimento. Em Dourados conseguimos três vereadores que também se filiam agora ao partido", revela de Paula.

Os novos filiados são os vereadores Pastor Sérgio (ex-PSB), Nelson Sudário (ex-PSC) e Idenor Machado (DEM), que também é presidente da Câmara Municipal douradense. "A princípio, a definição é essa em Dourados", frisa o chefe da Casa Civil e braço direito do governador Reinaldo Azambuja na articulação política.

Entre os presentes no evento, além de correligionários tucanos, também participaram os recém filiados ao PSDB vereadora Magali Picarelli, deputado estadual Beto Pereira, e o líder do governo na Assembleia, Rinaldo Modesto. Resende está retornando ao PSDB, partido que, segundo ele, foi o primeiro filiado em Mato Grosso do Sul e ajudou a fundar.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions