A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

29/07/2015 11:45

Alckmin diz que PT está no fundo do poço e que tarefa é salvar país

Leonardo Rocha
Alckmin apontou a crise política do PT, mas preferiu desconversar sobre os planos para ser candidato a presidente em 2018 (Foto: Fernando Antunes)Alckmin apontou a crise política do PT, mas preferiu desconversar sobre os planos para ser candidato a presidente em 2018 (Foto: Fernando Antunes)

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou hoje (29), durante a manhã, em Campo Grande, que o PT está no fundo do poço e que os governantes e partidos precisam evitar que o país siga o mesmo caminho. O tucano no entanto desconversou sobre os impactos eleitorais, dizendo que 2018 está muito longe.

“O PT está no fundo do poço, temos que evitar que o Brasil vá junto, temos que recuperar a economia, ajudar preservar o emprego da população, o que não pode é o trabalhador pagar a conta do ajustes fiscais, esta é nosso tarefa”, disse o governador, ao final da abertura do Circuito Expocorte, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

Apesar desta situação difícil do Governo Federal e do PT, Alckmin preferiu não declarar sobre os ganhos políticos que o PSDB, principal partido da oposição, poderia ter diante da população. “A questão eleitoral, partidária, não é o foco neste momento”.

Questionado sobre a possibilidade de colocar seu nome como candidato a presidência da República, o governador de São Paulo preferiu desconversar. “2018 ainda está muito longe”. Durante o evento, Alckmin fez questão de destacar que a economia do país está fraca, em retração, com aumento de desemprego, e que o setor do agronegócio está segurando índices importantes, como a balança comercial.

Governador assina ordem de serviço para asfalto e entrega viaturas hoje
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina nesta quinta-feira (17), ordem de serviço para pavimentação e drenagem de águas pluviais em seis quilôme...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions