ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Política

Além de Harfouche, Justiça rejeitou a candidatura de 42 políticos na Capital

Candidatos podem recorrer nas instâncias superiores, enquanto continuam com suas campanhas

Por Leonardo Rocha | 27/10/2020 10:30
Urna eletrônica para as eleições em Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo)
Urna eletrônica para as eleições em Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo)

A Justiça Eleitoral rejeitou a candidatura de 42 políticos em Campo Grande, sendo três ao cargo de prefeito, 36 para disputa de vereador e mais três candidatos a vice-prefeito. Os concorrentes ainda podem recorrer das decisões nas instâncias superiores, enquanto continuam com suas campanhas.

Para o cargo de prefeito foram rejeitados os registros de Sérgio Harfouche (Avante), Loester Carlos (PSL), conhecido como “Tio Trutis”, assim como de Thiago Assad (PCO). Como fazem parte de uma chapa majoritária, seus candidatos a vice também foram indeferidos: Carlos Martins (PCO), André Salineiro (Avante) e Lilian Duraes (PSL).

No caso de Harfouche foi citada a legislação que proíbe membros do Ministério Público disputar eleição. O procurador de Justiça não se exonerou do cargo, apenas pediu licença. Já Loester Carlos perdeu a disputa interna com o vereador Vinícius Siqueira (PSL), que segue como candidato (prefeito) da legenda.

Thiago Assad, por sua vez, foi indeferido porque seu partido não apresentou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), além de não entregar documentação no prazo estabelecido pela Justiça.

Indeferidos – Já na disputa pelas 29 cadeiras da Câmara Municipal, 36 candidatos a vereador tiveram seus registros indeferidos. (Confira a lista abaixo). Alguns já apresentaram recurso e vão tentar reverter a decisão no pleno do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de MS) ou TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Entre os motivos para ter a candidatura indeferida está a falta de documentos exigidos, problemas na filiação partidária, recusa do registro pelo partido, impedimentos legais e até a “Lei da Ficha Limpa”, que impede políticos condenados em colegiado de participar do pleito.

Confira a lista de vereadores (indeferidos):

Carlos Alexandro (PTB)

Alfredo Orlando (Cidadania)

Dayane Gomes (PMN)

Delei Pinheiro (PSD)

Eneas dos Reis (Cidadania)

 Jessione Santos (PMN)

Luciano Barros (PP)

Maria Rocha (PP)

Gleomar Hagamenon (PTB)

Maria Rosa Lopes (SD)

Ana Paula Arcanjo (PMN)

Antônio Bernardo Ortega (PMN)

Passini Catharinelli (SD)

Marizete Grance (Cidadania)

Aldo Miranda (PT)

Amarildo Santana (Avante)

Roberto Rodrigues (PSC)

Otacílio Pereira (PSDB)

Clodoaldo Dias Guimarães (PMN)

Dionísio João Nery (Avante)

Léa Rosalina (Podemos)

Edvaldo Coelho (PMN)

Esther Vital (PSL)

Fernandes Antunes (Rede)

Grazianny Farias (PSC)

Huldo Júnior (PV)

Jacinto Nunes (PV)

João Nunes da Cruz (PV)

Francisca Katia (PSOL)

Andréa Henrique (PT)

Márcia de Almeida (Cidadania)

Joanita Rodrigues (Cidadania)

Rodrigo Gonçalves (PSC)

Urias Fonseca (Rede)

Walter Massulo (Patri)

 Wilson Gonçalves (PT)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário