A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/04/2013 14:36

Aliado e até líder de Bernal são contra mudança da Cãmara para rodoviária

Jéssica Benitez

Dois dos seis vereadores que compõem a base aliada ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), discordam do gestor e declararam na sessão de hoje que não querem ser remanejado para o prédio da antiga rodoviária. Os petistas Ayrton Araújo e Marcos Alex, líder do prefeito na Câmara Municipal, acreditam que o imóvel não tem suporte para receber a Casa de Leis.

“O debate é sempre bem vindo. Temos que conviver com a pluralidade do parlamento, mas na minha avaliação não tem como ir para rodoviária”, disse Alex. “Também não quero ir para rodoviária, mas não dá para abrir a cabeça dele (Bernal) e colocar essa ideia lá dentro”, pronunciou Ayrton.

O assunto foi puxado pelo presidente da Casa, vereador Mario Cesar (PMDB), que utilizou a palavra livre para contar que ontem à tarde esteve em reunião com moradores da região da antiga rodoviária. Conforme relatou o peemedebista, as pessoas do entorno pensam que os vereadores não querem ir para lá por conta do local.

“O prefeito diz para todos que nós não queremos ir, mas a fala dele tem sentido pejorativo. Ele coloca como se fosse um castigo para o Legislativo. Como se ele fosse jogar os vereadores lá e não com o objetivo de revitalizar a região”, opinou o presidente. Mario explicou aos moradores que a Câmara pode sim mudar para o prédio, mas que antes o prefeito deve apresentar projeto e planejamento de revitalização da região.

“Ele tem que fazer este levantamento de maneira séria e não utópica como está fazendo. Devem ser levados em conta todos os impactos, principalmente o financeiro”, afirmou o vereador. Ele relembrou que somente 9% da antiga rodoviária pertence ao município e que para ocorrer a mudança a prefeitura terá que desapropriar 130 proprietários.

O vereador e engenheiro Edson Shimabukuro (PTB) usou sua experiência profissional para analisar a mudança. “É necessário um projeto de revitalização total da área, não adiante mudar só o prédio. Deve ser feito um plano diretor da região. Se houver planejamento nós iremos com o maior prazer”, explicou

Único representante do PSB na Casa, Carlão foi mais categórico em sua fala. “Mudar para lá vai gastar o dobro. Dizer que quer ir para lá é uma demagogia barata. Não tem condições elétrica e sanitária. Eu não quero ir para lá, só vou se dor obrigado”, desabafou.


Paulo Pedra (PDT) também alterou o tom de voz para opinar sobre o tema. “Se o prefeito falou que nós não queremos ir para rodoviária ele é um mentiroso. O prefeito é que não tem projeto. Ele tem que tomar vergonha na cara, esquecer a Câmara e ir administrar a cidade”, disse o pedetista ressaltando que Bernal irá de joelhos a Casa.


Os únicos a se pronunciarem a favor do prefeito foram os vereadores Luiza Ribeiro (PPS) e Cazuza (PP). Eles foram fortemente criticados pelos companheiros de Câmara que formam oposição ao chefe do Executivo.

 

Planurb estuda iluminação especial e implantar Câmara na Rodoviária
O Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) estuda uma série de propostas para revitalizar o bairro Amambai e o antigo Terminal Rodoviário...
Antes da negativa de desapropriação, vereadores consideravam rodoviária inviável
Antes mesmo da negativa do prefeito Alcides Bernal (PP) sobre o pedido de desapropriação do prédio da Câmara Municipal de Vereadores, feita na manhã ...
Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...


É absolutamente inadmissível numa cidade como Campo Grande manter uma área nobre, central, desprovida de qualquer investimento do governo municipal como ocorre com a área da antiga rodoviária. O MPE, por seus promotores de justiça, já deveriam ter entrado na briga há muito tempo, ajuizando uma ação de fazer contra o município e contra os proprietários do imóvel para que dessem uma destinação social à propriedade. O local virou ponto de vendas de drogas, prostituição, furtos, roubos, sem nenhuma preocupação por parte do poder público. Agora, quando se cogita uma solução, vem um "bando de faz nada" (leia-se vereadores) e opinam contra? Só querem votos... Fica aqui a REPRESENTAÇÃO para que o Ministério Público adote as providências, o que seria melhor do que brigar pela PEC dos Delegados.
 
Paulo Escobar Garcia em 10/04/2013 08:03:26
TANTA EXPECULAÇAO POR CONTA DISSO,TRABALHAR ELES NAO QUEREM...É VIÁVEL A MUDANÇA! CLARO COM PROJETOS,MAS ISSO,QUALQUER AÇAO TEM QUE TER! OS VEREADORES ESTAO COM FRESCURA!
 
RAFAEL ALVES em 09/04/2013 17:02:06
Uau!! Tá feio na fita hein prefeito!! Agora se der pra fazer o projeto de revitalização, não é uma má idéia não eu gostaria de ver a antiga rodoviaria movimentada pelos nossos vereadores sim. Talves o lugar ficaria bonito pq o aspecto é muito feito p todos os lados.
Longe de mim defender o Bernal, mas... ... eu acho ke seria o maximo.rsrs
 
Adriana de Menezes em 09/04/2013 16:25:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions