A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

29/05/2013 14:17

Aliados negam que ficaram com receio na hora de votar vetos de Bernal

Jéssica Benitez

Contrariando o que foi dito pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), os vereadores da base aliada a ele negaram que tiveram receio em acompanhar os vetos do progressista às emendas adicionais do Projeto de Lei 04/2013, que trata do reajuste salarial dos servidores municipais.

Hoje pela manhã o progressista disse ao Campo Grande News que os parlamentares da situação ficaram com medo de serem mal interpretados pelos trabalhadores do Município e, por isso, votaram a favor da derrubada de seus vetos. “Eu quero acreditar que eles se preocuparam na má interpretação que os funcionários públicos municipais poderiam fazer. Eles ficaram com medo de colocarem como se eles estivessem contra os servidores”

Os aliados, porém, não concordam com a teoria desenvolvida pelo chefe do Executivo e garantem acompanharam a oposição para benefício do próprio prefeito. “Votei a favor do Bernal porque essas emendas eram para ter sido incorporadas no projeto. Posso morrer com ele no acerto, mas não posso morrer com Bernal no erro”, disse o líder do gestor na Câmara Municipal, Marcos Alex (PT).

Para o vereador Ayrton Araújo (PT) em nenhum momento houve receio por parte da base. O petista alega que votou a favor da derrubada dos vetos de acordo com o que julga correto. “Não foi covardia, existiu coerência e respeito às pessoas que não têm voz no meio dos poderosos”, justificou. Luiza Ribeiro também não ficou receosa na hora de optar por não acompanhar o prefeito.

Até mesmo o fiel escudeiro de Bernal que, inclusive o acompanhou durante toda a campanha eleitoral, muitas vezes dirigindo o carro que o transportava às agendas de compromisso, vereador Chocolate (PP), reforçou seu posicionamento em não aprovar a postura do prefeito. “Votei conforme minha consciência. Se for para ser vereador e não ter opinião própria não adianta nada. De qualquer forma não quis afrontá-lo”, disse.

Bernal veta emendas ao projeto de reajuste salarial dos servidores
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), vetou as quatro emendas adicionais anexadas ao projeto de Lei do Executivo n° 04/2013 que trata do r...
Assembleia pode votar polêmico projeto "Lei Harfouche" nesta semana
Considerado polêmico, o projeto chamado de "Lei Harfouche", que prevê a reparação de danos por alunos, em casos de atos de vandalismo em escolas, pod...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions