A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/04/2015 12:39

André contesta números apresentados na auditoria do governo estadual

Leonardo Rocha
André contesta auditoria e diz que existem documentos publicados que mostram outros dados (Foto: Marcelo Calazans)André contesta auditoria e diz que existem documentos publicados que mostram outros dados (Foto: Marcelo Calazans)

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) contestou os números apresentados na auditoria, feita pelo governo estadual, nas contas e obras deixadas pela gestão anterior. O peemedebista alega que existem documentos e balanços publicados neste ano, referentes a 2014, que comprovam que não houve a dívida no valor de R$ 253 milhões.

“Tenho documentos que contestam o que foi apresentado, quem tiver o interesse de conferir é só levantar os números do Registro de Gestão Fiscal, publicado no final de janeiro pelo atual governo, depois é só comparar os dados”, disse o ex-governador, durante reunião da executiva municipal do PMDB, em Campo Grande.

André ainda citou que o balanço de 2014 das contas do seu governo, publicado em 1° de abril de 2015, mostra a situação financeira e ações contábeis de sua gestão. “Não vou convocar entrevista coletiva ou procurar o atual governador, mas quem quiser conferir os números é só checar estes documentos e balanços”, apontou.

Em relação a auditoria das obras inacabadas, em que o governo apontou a falta de R$ 192 milhões em caixa, para a conclusão dos projetos, Puccinelli destacou que foram incluídas neste levantamento obras que estavam paralisadas, canceladas, extintas ou que ainda estavam sem ordem de serviço. “Não foi deixada nenhuma irregularidade, por isso não vou perder meu tempo com isto”.

Base - Os deputados que apoiaram o ex-governador durante seu mandato, já requisitaram o relatório completo feito pelo atual governo, para comparar com os números da gestão peemedebista e assim ter um posicionamento sobre os dados apresentados pela auditoria. O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB, já fez o contato com a administração tucana.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions