A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

07/04/2014 12:17

André diz que ele e Giroto ficaram para atender os interesses de MS

Leonardo Rocha
Governador ressaltou que Giroto irá contribuir muito pelo Estado neste momento (Foto: Arquivo)Governador ressaltou que Giroto irá contribuir muito pelo Estado neste momento (Foto: Arquivo)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje (07), durante agenda pública, em seu gabinete, que tanto ele como o secretário estadual de Obras, Edson Giroto, resolveram permanecer no governo e não serem candidatos, para atender aos interesses de Mato Grosso do Sul.

“Nós temos um compromisso com o Estado, foi muito doído não ser candidato quando parecíamos imbatíveis nas pesquisas, com muitas chances de ganhar, mas vamos terminar nossas obras, tanto eu como Giroto tivemos que deixar nossos interesses pessoais de lado”, afirmou ele.

André já havia dito anteriormente que tinha “convocado” Giroto para ajudá-lo no projeto MS Forte II, justamente por ele ser ágil, competente e dinâmico e que o secretário teria que escolher entre os interesses da população ou seus projetos pessoais.

O governador ainda tinha adiantado que a decisão seria de Giroto, apesar de ter lhe dado conselhos dizendo que Mato Grosso do Sul precisava dele neste momento.

Com esta decisão, os dois não irão disputar a eleição deste ano. Puccinelli era opção para vaga do Senado, enquanto que Giroto poderia disputar a reeleição como deputado federal, ou outra função, já que era requisitado até como opção de vice-governador.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions