A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/04/2014 08:56

Governador exonera mais dois secretários, mas Giroto continua

Leonardo Rocha
Governador exonera Marun e Tereza Cristina, no entanto Edson Giroto fica no governo (Foto: Arquivo)Governador exonera Marun e Tereza Cristina, no entanto Edson Giroto fica no governo (Foto: Arquivo)

O governador André Puccinelli (PMDB) exonerou, hoje (04), no Diário Oficial do Estado, os secretários estaduais Carlos Marun (Habitação) e Tereza Cristina Correa (Seprotur). Já o secretário estadual de Obras, Edson Giroto, não consta na lista e deve continuar na administração até o final do ano.

Além dos dois secretários, foi exonerada a diretora da Diretoria de Habilitação e Educação do Detran-MS (Departamento Estadual de Transito de Mato Grosso do Sul), Elisabeth Félix da Silva Carvalho e o superintendente de Pesca e Aqüicultura, Isaías Ferreira Bittencourt.

Não foram definidos, nesta publicação, os substitutos para Marun e Tereza Cristina. Entretanto já foi confirmado pelo governador André Puccinelli (PMDB) que o secretário adjunto da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comercio e do Turismo), Paulo Engel, irá assumir a função de titular da pasta.

Tereza Cristina, que irá sair do governo para ser candidata a deputada federal, também foi exonerada do Conselho Estadual de Desenvolvimento Industrial do Estado de Mato Grosso do Sul, do Conselho de Administração da Empresa de Gestão de Recursos Minerais, da Diretoria-Executiva do Fundo de Regularização de Terras, do Fórum Deliberativo do MS - Indústria e do Conselho Administrativo da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul.

Já Carlos Marun, que irá retornar a Assembleia Legislativa e depois ser candidato a deputado federal, também foi exonerado da função de presidente do Conselho Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul.

Escolha – O governador André Puccinelli (PMDB) havia dito que o secretário de Obras, Edson Giroto, teria que escolher entre atender as necessidades da população e ficar no governo ou decidir sair para ser candidato à reeleição.

André ponderou que Giroto seria essencial para o término dos projetos e obras do programa MS Forte II, que irão ser entregues até o final do ano. Hoje encerra o prazo para que o secretário fosse exonerado de sua função, para ser candidato nas eleições de 2014.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions