A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/04/2014 10:09

André diz que não será mais candidato e vai atuar nos bastidores

Luciana Brazil e Leonardo Rocha
Pucinelli garante que ficará na política, mas apenas nos bastidores. (Foto:Marcelo Victor)Pucinelli garante que ficará na política, mas apenas nos bastidores. (Foto:Marcelo Victor)

Depois de desistir da candidatura ao Senado, o governador André Pucinelli (PMDB) voltou a assegurar na manhã de hoje (9) que não pretende apostar em outras eleições. Sem vontade de se candidatar novamente, o governador afirmou que existe apenas “1% de chance” de disputar a prefeitura de Campo Grande em 2016.

“A vontade é de continuar na política, mas só nos bastidores, sem ser candidato nas outras eleições. Porém, como não dá para dizer nunca coloquei esse 1%. Vou estar envolvido na política, mas não como candidato”, garantiu.

Durante reunião de apoio técnico para gestão financeira das políticas de assistência social, no centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, André aproveitou para aconselhar prefeitos e alertou sobre os baixos desempenhos em caso de terceira reeleição.

“Não tentem um terceiro mandato, já que, na maioria das vezes, quem volta como prefeito tem desempenho inferior às gestões antigas”.

Como já havia anunciado, o governador disse novamente que pretende montar o Instituto André Pucinelli. O local atenderia alunos do ensino público que se destacam em sala de aula. Lá, eles poderiam se dedicar aos estudos e se tornariam grandes profissionais, como sonho o governador.

“Ainda estou estudando como será o instituto, que a princípio vai começar com recursos próprios, e com o passar do tempo precisa ser auto-sustentável”, disse se referindo às parcerias.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions