ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  20    CAMPO GRANDE 22º

Política

André faz agradecimento público a Dilma pelo avanço do saneamento em MS

Por Zemil Rocha | 29/11/2013 18:42
André revelou que Dilma aceitou em que toda verba do PAC para MS fosse para saneamento (Foto: João Garrigó)
André revelou que Dilma aceitou em que toda verba do PAC para MS fosse para saneamento (Foto: João Garrigó)

O governador André Puccinelli demonstrou hoje, publicamente, toda a sua gratidão à presidente Dilma Roussef pelos investimentos federais em saneamento básico no Mato Grosso do Sul. Enfatizou que a chefe da Nação liberou recursos a fundo perdido para Campo Grande, Dourados e Corumbá, no período em que a Sanesul passava por dificuldades financeiras.

Puccinelli lembrou que quando Dilma ainda era ministra ele solicitou que todo o dinheiro do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para o Estado, cerca de R$ 345 milhões, fosse investido em saneamento. “Mesmo sabendo que só cidades acima de 150 mil habitantes poderiam receber os recursos, ou seja só Dourados e Campo Grande, eu fui audacioso e consegui levar também para Corumbá”, salientou.

A ousadia do governador teria surpreendido Dilma. “Mas você quer investir tudo em saneamento?”, questionou a então ministra-chefe da Casa Civil, segundo a narração feita hoje por Puccinelli. “E eu disse tudo em saneamento, sim”, acrescentou André.

Para o governador, graças à compreensão de Dilma é que o Estado teve um avanço gigantesco em saneamento básico. Quando André assumiu o governo, só 18% do Estado fazia captação de esgoto e 12% tinha saneamento. Hoje ultrapassa 55%. E o objetivo é deixar as quatro cidades do interior do Estado (Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Ponta Porã) acima de 85% até o final de 2014 e elevar a média estadual ainda mais. “Hoje agradeco a Dilma pelos avanços do saneamento básico”, disse.

Nos siga no Google Notícias